Autor de gols contra o Flamengo, ex-Remo relembra campanha na Copa do Brasil Sub-20 em 2013

Nesta edição do torneio, o Leão igualou o feito de nove anos atrás, quando o time alcançou as quartas de finais

Andre Gomes

O Remo vive um momento importante na base. Atual bicampeão paraense, o time sub-20 está nas quartas de final da Copa do Brasil da categoria. Com isso, o Leão igualou o feito histórico da equipe de 2013, que, até então, tinha a melhor campanha azulina no torneio e teve como um dos destaques o meia Rodrigo Ainette, revelado pelo Remo e que hoje está no Vila Rica.

A equipe de O Liberal conversou com o jogador, hoje com 28 anos, que foi um dos principais nomes do time sub-20 na época, com apenas 19 anos. O jogador falou sobre as principais recordações:

"Conseguimos montar uma família e realizamos nossos objetivos de maneira leve, descontraída e com seriedade. A relação do grupo era muito boa e também com o treinador [Walter Lima]. Todo mundo se apoiava, queria o mesmo objetivo. Isso foi fundamental para nos fecharmos e ir avançando jogo por jogo, batalha por batalha. Para nossa época, foi um grande feito", relembrou. Segundo Rodrigo, a união dos jogadores foi tão grande que, até hoje, o elenco mantém contato pelas redes sociais.

Lembra deles?

Alguns dos nomes mais conhecidos daquele time envolvem são do goleiro Jader (ex-Tuna e São Raimundo), os zagueiros Igor João (chegou ao profissional do Remo) e Yan (defendeu o Paysandu), o meia Fazendinha (Atualmente no Cametá, que também passou pelo Papão) e o atacante Jayme (vice-campeão paraense com a Tuna, no ano passado).

VEJA MAIS

Após lesão, volante do Remo não joga contra o Inter e não possui prazo para retorno aos treinos
Volante Henrique, de 20 anos, sofreu uma lesão no ombro e não possui prazo para voltar às atividades, porém, o atleta não precisará passar por cirurgia

Remo: Após voltar ao time e marcar, atacante PP avalia jogo contra o Inter e diz: 'Sabemos da nossa qualidade'
Leão encara o Colorado pelas quartas de final da Copa do Brasil Sub-20

Jogo mais marcante

Para alcançar as quartas de final, o Remo eliminou o Vitória na primeira fase (1 a 1 e 2 a 1) e o Flamengo nas oitavas (triunfo por 3 a 0 e derrota na volta por 2 a 0). Nas quartas, o Leão perdeu ambas as partidas para o Criciúma-SC (3 a 2 e 2 a 0). Questionado sobre o jogo mais marcante, Rodrigo não hesitou:

"Sem dúvida nenhuma, o jogo com o Flamengo. Pude ajudar a minha equipe com dois gols. A torcida compareceu em peso, jogou junto do nosso time, aquela sem dúvidas foi uma noite fantástica e está viva na memória até hoje", contou Rodrigo sobre a partida do dia 2 de outubro de 2013, que teve mais de 25 mil torcedores no Mangueirão, que o Leão venceu por 2 a 0.

Na torcida

Por fim, Rodrigo revelou estar acompanhando os jogos da equipe nesta edição. O jogador contou estar na torcida para que o atual time do sub-20 do Remo consiga superar 2013 e faça ainda mais história na Copa do Brasil.

"A gente sabe que conseguimos um feito histórico para aquela época. Por todas as dificuldades que a base enfrenta, não só no Remo, mas no Pará. Espero que consigam avançar ainda mais, tem jogadores de qualidade. Peço à torcida que faça a parte dela, que sempre fez, que é apoiar o clube, incentivar e ter paciência com os pratas da casa. Vão dar alegria para a torcida e um retorno financeiro futuramente para o clube", concluiu.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES