Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Após saída do Remo, Eduardo Ramos fala de chateações, justiça e desejo de ter ficado para a Série B

Jogador de 35 anos conquistou dois Parazões e dois acessos pelo Leão Azul

O Liberal

Após passagem meteórica pela Tuna, meia Eduardo Ramos decidiu falar. Em entrevista ao jornalista Abner Luiz, do Grupo Liberal, o jogador relembrou momentos com a camisa do Remo, chateações, erros e acertos coma camisa azulina ao longo de sete anos vestindo a camisa azulina.

O jogador ainda pretende jogar profissionalmente em 2021, possui interesse do Ituano-SP, clube que disputa a Série C, mas o jogador “vive e respira” Belém e convive com carinho do torcedor, que ainda quer o jogador vestindo a camisa azulina. Porém, o ponto final entre Remo e Eduardo Ramos rendeu chateação do jogador e desgaste com o clube.

Apesar disso, o Camisa 10 garante que respeita o presidente Fábio Bentes e que se diz torcedor declarado do Leão Azul.

“É complicado [falar sobre a saída do Remo], pois terei que falar de pessoas. O Fábio Bentes é um cara que eu respeito e torço muito. Fiquei chateado da forma como foi. No melhor momento da Série C eu era o artilheiro da equipe, fiz bons jogos, tive a oportunidade de falar com ele [Fábio], que tinha recebido uma proposta de dois anos de contrato ele disse para eu não me preocupar, que independente do acesso ou não eu permaneceria. E ele tinha noção que eu pretendia jogar esse ano e encerrar a carreira. Não foi da forma que planejei, falar de mágoa, não, muito mais chateação de momento. É o clube que eu torço mesmo e compro briga, fiquei chateado, mas já passou, respeito o Fábio Bentes e também toda a instituição”, disse.

Aos 35 anos, Eduardo Ramos pode dizer que hoje possui um time do coração e que é o Remo. Contratado em 2014 pelo então presidente Zeca Pirão, o ER33 sempre teve que mostrar os motivos de merecer a camisa 10 do Leão. Ao longo das temporadas, com dois títulos estaduais e dois acessos, deixou saudade em boa parte da torcida, que até hoje pede o seu retorno. O jogador relembrou momentos difíceis no clube, salários atrasados, ajuda a funcionários, além de citar acordos judiciais feitos para poder ajudar o clube.

“No momento que eu não fui tão profissional [com o Remo] passávamos muitas dificuldades dentro do clube. Em 2014, 2015 e 2016, poucas pessoas sabem, mas eu fiquei cinco, seis meses sem receber e mesmo assim ainda tirava do meu [bolso] para ajudar companheiros e funcionários. Todos, da época e quem estive lá, até hoje são provas disso", apontou, para em seguida relembrar problemas trabalhistas.

"Na nossa primeira ação eu abri mão de valores para ajudar e ainda deduzem que eu sou mercenário. Eu acabei sendo muito mais honesto do que pensam e hoje o Remo me deveria muito mais do que eu deveria para o Remo. Por resultados, em 2015 abri mão de ir para o Ceará e ganhar R$30 mil a mais, falei que não iria, pois tinha o desejo de subir o Remo e subimos. Em 2018 subi com o Cuiabá, tinha o desejo de ter mais um acesso com o Remo e deixá-lo na Série B e eu posso encerrar a carreira tranquilo”, falou.

Eduardo comentou sobre a temporada 2020, lesões, covid e sobre o sonho de jogar a Série B pelo Remo ter sido interrompido.

“Esse último ano foi bem diferente em termos de leões, tive duas musculares, coisa que eu nunca tive na carreira. Sempre falava que com 35 anos eu pretendia parar [de jogar], às vezes sinto falta [do futebol], hoje bem menos, a realidade é essa. Acabei não renovando com o Remo, passei uma semana bem triste, bem ‘baqueado’, mas hoje não, a cada dia que passa, me preparo bem mais pra encerrar a carreira, para a despedida, mas de uma forma saudável. Se eu olhar para trás, o resumo será bem positivo e eu só tenho agradecer”, finalizou.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES