Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sem Henan no ataque, técnico do ABC-RN estuda opções para partida contra o Paysandu; saiba mais

Cláusula contratual exige pagamento de multa de R$ 500 mil caso o atacante ex-Paysandu jogue neste sábado, pelo quadrangular decisivo da Série C

Luiz Guilherme Ramos

Paysandu e ABC-RN fazem o segundo duelo pelo quadrangular decisivo da Série C. Os dois times se enfrentam neste sábado, a partir das 17 horas, na Curuzu. Na corrida pelo acesso, o time de Natal largou na frente, após vencer o Figueirense na primeira rodada, mas chega a Belém sem o principal jogador de finalização, o ex-atacante bicolor Henan.

Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba!

O atacante deixou o Paysandu no início da Série C por baixa produtividade, e foi emprestado ao ABC-RN, onde encontrou o caminho dos gols e assinou cinco, em 15 partidas. O último deles foi justamente no quadrangular, que deu a vitória sobre o Figueira, no último sábado. 

No entanto, como possui vínculo com o Paysandu, ele não poderá entrar em campo, a não ser que o ABC pague a multa de R$ 500 mil estipulada em cláusula. Assim, o técnico Fernando Marchiori tem batido cabeça para achar um substituto com a mesma intensidade do artilheiro do time. 

"Infelizmente, não vamos ter o Henan. Ele vem num momento muito bom, se encaixou muito bem na nossa equipe. É difícil você achar um goleador. Se você pegar as últimas três Séries C, ele tem acesso (por Vila Nova e Criciúma). O Henan chama coisas boas", disse o comandante, sem esconder as peças que podem reforçar o time na vaga do atacante.

VEJA MAIS

Adversário do Paysandu, ABC possui no elenco sete jogadores que passaram pela dupla Re-Pa; veja a lista
Time potiguar possui alguns atletas que atuaram no Remo e também no Paysandu

Paysandu inicia venda de ingressos para o jogo contra o ABC; confira os preços e onde comprar
Papão fará a segunda partida no quadrangular final da Série C, a primeira em Belém ao lado do torcedor

Próximo adversário do Paysandu na Série C, ABC-RN não vence na Curuzu há 37 anos; confira
Última vez que o alvinegro potiguar saiu de Belém como vencedor foi em 1985, quando disputava a Série B do Brasileirão

"Sentimos muito a perda dele para este jogo, porém, vamos encontrar uma solução dentro do que vamos buscar. Temos Jefinho, Eron, Gustavo França, numa característica diferente, Lucas Douglas. Vamos estudar as melhores opções para competirmos bem", conclui. Os dois primeiros são centroavantes, já Gustavo e Lucas são jogadores de mais velocidade.

Outra possibilidade é reforçar o meio-campo, uma vez que o time joga fora de casa e desguarnecer as linhas defensivas pode causar problemas. Assim, o volante Júlio Rusch pode ser adiantado para jogar ao lado de Wellington Reis e Erick Varão no setor de marcação. Enquanto não há definição, o técnico fará treinos fechados até sexta-feira. 

"Todo mundo estuda todo mundo, todo mundo conhece todo mundo. Não se vê mais grandes surpresas. O que eu vejo é nível de concentração, de atenção, de eficiência, nesse momento fala mais alto", encerra.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES