#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Paysandu oficializa saída de Lecheva do cargo de coordenador das categorias de base

Segundo o Papão, ex-jogador e ídolo bicolor aceitou "novos desafios" na carreira.

Caio Maia
fonte

O ex-jogador e ídolo do Paysandu Lecheva não é mais coordenador das divisões de base do clube. Por meio de um comunicado, divulgado nesta segunda-feira (22), o clube oficializou a informação já antecipada pelo Núcleo de Esportes de O Liberal. Segundo o Papão, o profissional solicitou o desligamento porque aceitou "novos desafios na carreira".

Confira a nota

O Paysandu Sport Club informa que Ricardo Lecheva não é mais coordenador das Divisões de Base. A decisão partiu do próprio ex-jogador e ídolo bicolor, que aceitou um novo desafio na carreira.

O clube agradece a Ricardo Lecheva pelos seus serviços prestados durante seu retorno ao Estádio Banpará Curuzu, que ocorreu em novembro de 2021.

Contexto

A saída de Lecheva foi confirmada ao Núcleo de Esportes de O Liberal pelo presidente bicolor, Maurício Ettinger. Segundo o mandatário alviceleste, o ex-jogador assinou com o Amazonas-AM, adversário do Papão na Série B, para um cargo de gestão. 

Lecheva e Amazonas, inclusive, possuem uma ligação especial. O profissional já foi treinador do clube e ajudou a regularizar a organização nos primeiros anos de existência. 

"Não tive como recusar"

A reportagem também conversou com Lecheva, após o anúncio da saída do Paysandu. Segundo o ex-jogador, o convite para o novo desafio foi feito pelo presidente da Onça-Pintada, Wesley Couto. 

“Ele [Wesley Couto] me ligou na quinta-feira e perguntou como estava a minha situação no Paysandu. Em seguida ele quis saber sobre a possibilidade de eu assumir o departamento de futebol do Amazonas. Eu disse que precisaria primeiro conversar com a diretoria do Paysandu, e como a proposta foi ótima, não tive como recusar. Essa função [executivo] era a que eu fazia quando estive no clube de 2019 a 2021. Eu acumulava as funções de executivo e treinador na ocasião, mas claro que era outro momento. Hoje o clube está na Série B e muito mais estruturado”, falou.

Ídolo

Natural de Mogi das Cruzes (SP), Lecheva desembarcou em Belém para atuar com a camisa da Tuna, na temporada 2000. Ganhou nome na Águia Guerreira e foi contratado pelo Paysandu. Na Curuzu participou dos maiores feitos do clube no início dos anos 2000, com títulos da Copa dos Campeões, Série B do Brasileiro, Copa Norte e Campeonatos Paraenses, além de ter participado da campanha alviceleste na Copa Libertadores da América.

Já como técnico, Lecheva tem o melhor aproveitamento pelo clube nos últimos anos - 64 % dos pontos disputados -, além do acesso à Segundona, em 2012.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Paysandu
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES