Diretor do Paysandu critica equipe após derrota para o PFC e diz: 'Time horroroso'

Papão foi derrotado pelo Paragominas e entra em desvantagem para o jogo decisivo em busca da vaga na final do Parazão

Redação integrada

A derrota de 3 a 2 do Paysandu para o Paragominas, na primeira partida da semifinal do Parazão 2020, rendeu comentários nas redes sociais do diretor de responsabilidade social do Papão, Marcelo Maciel. O dirigente criticou a postura do time em campo e desmentiu rumores de que o clube esteja devendo salários aos atletas.

Na sua conta no Twitter, Marcelo Maciel comentou a derrota do Papão e chamou o time de “horroroso”, além de pedir ao torcedor que não acredite em situações criadas após derrotas.

“Não há salários atrasados no Paysandu. A propósito, acho que já passou da hora da gente crescer na mentalidade de torcedor e deixar de acreditar em estórias pós derrota, né? O time foi horroroso e ponto final. E tem mais, ‘linha alta’ e ‘zagueiros lentos’ não justificam a derrota, os gols sofridos foram de falhas absurdas, que nada tem a ver com sistema ou setor”, comentou.

 

O clube bicolor volta a jogar no próximo sábado (15), às 17h, fora de casa, contra o Vila Nova-GO, dessa vez pela Série C, jogo válido pela 2ª rodada da competição nacional. A partida terá transmissão lance a lance pelo OLiberal.com.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES