Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Contra concorrente, Paysandu tenta melhorar rendimento em Belém e meia diz: 'devemos fazer o dever de casa'

Papão quer se manter no G-4 do grupo A da Série C

Redação Integrada

O Paysandu terá uma partida fundamental para as pretensões do clube na Série C. O Papão enfrenta o Ferroviário-CE, concorrente direto na luta por uma das vagas na próxima fase do Brasileirão. A partida será em Belém, domingo (22), no Mangueirão e o Papão precisa melhorar jogando em casa.

De sete partidas disputadas em Belém, o clube alviceleste venceu apenas duas, empatou três e perdeu outras duas vezes. O volante Serginho comentou sobre essa situação e afirmou que é necessário fazer o ‘dever de casa’, principalmente nessa reta final da competição.

“Quem joga no Paysandu se sente na obrigação de vencer em qualquer estádio, seja fora ou dentro de casa. Viemos de uma vitória fora, mas devemos fazer o ‘dever de casa’, são três jogos seguidos no Mangueirão e eu creio que eles vão garantir a classificação para buscar o acesso”, disse.

FERROVIÁRIO

O jogo diante do Ferrão pode manter o Papão dentro do G-4 e se distanciar de um concorrente, já que o Papão soma 22 pontos na quarta posição e o clube cearense está na sexta com 19. Serginho avaliou o confronto como complicado.

“É uma equipe difícil, no jogo no Castelão terminamos o primeiro tempo com 2 a 0, mas construído de uma maneira nada fácil, tivemos que trabalhar bastante. Durante o campeonato esteve por um tempo na liderança da chave, está na briga, é um confronto direto e esperamos um jogo duro, mas que vamos buscar os três pontos para encaminhar a classificação, sabendo que é um jogo chave’, frisou.

O JOGO VIROU

Serginho relembrou de momentos difíceis na competição onde o grupo bicolor soube “segurar a pressão”. Segundo o meio-campista o elenco ‘velho’ cresceu no momento certo.

“É impressionante como futebol é resultado. Em um momento da competição que não estávamos tão bem o nosso elenco era ‘velho’. Hoje como nos reabilitamos, votamos para a briga pela classificação hoje temos o elenco ‘experiente’ e que ganhou corpo na reta final e na hora certa. A baixa probabilidade de classificação nunca nos assustou e isso nos impulsionou para que pudéssemos trabalhar mais, ainda não conseguimos o nosso objetivo e é isso que vamos buscar contra o Ferroviário e encaminhar a nossa classificação”

DEFESA SÓLIDA

Nos últimos cinco jogos o Paysandu sofreu apenas um gol e essa arrancada bicolor na competição, de acordo com Serginho, passa muito pelo sistema defensivo, que conseguiu encaixar. Por outro lado o ataque do Papão economizou bastante, sempre vencendo por placares apertados.

“Quando você não sofre gols vocês está mais perto da vitória. Nos últimos cinco jogos sofremos apenas um gol e conseguimos dar uma arrancada importante, buscando vitórias com o placar mínimo, elas valem os mesmos três pontos que o 3 a 0 contra o Imperatriz. Temos que continuar dessa maneira, com a defesa sólida e buscando o resultado independente do números de gols”

FAVORITO

Os matemáticos apontam o Paysandu como o favorito a ficar com a última vaga no G-4, mas Serginho não leva isso em consideração e foca no compromisso que possui com o clube,

“Isso [favoritismo] não é tratado entre os jogadores. Estamos trabalhando bastante, buscado o espaço no G-4. O favoritismo fica fora de campo, temos uma responsabilidade muito grande com a instituição que é devolver o Paysandu à Série B e é isso que estamos buscando independente do favoritismo”, finalizou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES