Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bezerra chama derrota do Paysandu de 'tragédia', pede trabalho mental e afirma: 'estamos vivos'

Técnico bicolor citou como erros cruciais a transição defensiva contra o Ituano

O Liberal

O técnico Wilton Bezerra lamentou a goleada sofrida pelo Paysandu diante do Ituano por 4 a 1, dentro da Curuzu. O comandante bicolor avaliou o jogo, citou que ainda é possível lutar pelo acesso, mas que será necessário um trabalho mental.

“É preciso trabalhar em cima dos números, mesmo com ocorrido hoje, ainda estamos vivos, ainda temos chances e é pegar esses números para motivar e tranquilizar o elenco. Não será fácil, não é nem a questão do treino técnico, tático, mas sim mental”, disse.

Bezerra falou sobre como o time entrou em campo e citou as falhas cruciais do jogo em favor do time paulista.

“Hoje tentamos algo diferente que era trazer mais o extrema por dentro tentando desiquilibrar, o volante com um melhor passe, mas pecamos na transição defensiva, onde não paramos as jogadas em nenhum momento. Sofremos gols de contra-ataques, onde já sabíamos que era o forte do adversário”

Questionado sobre o que levou o Paysandu a ser goleado dentro de casa, o técnico alviceleste falou da falta de concentração e chamou a partida de “tragédia”.

“A falta de concentração. Você está concentrado para algo e aquilo escapa e é preciso estar concentrado, pois o futebol permite várias situações e não fomos competentes na fase defensiva e terminou que aconteceu essa tragédia”, finalizou 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES