Paraense é apresentado em time japonês; relembre lista 'papa-chibé' que jogou no Japão

Erik deixou o Botafogo e fechou com o Yokohama Marinos

Fábio Will

O paraense Erik, de 25 anos, foi apresentado no seu novo clube, o Yokohama Marinos, do Japão. O jogador que nasceu na cidade de Novo repartimento (PA), distante 498 quilômetros de Belém é mais um “papa-chibé” que vai atuar na terra do sol nascente.

No Brasil, Erik passou pelo Goiás-GO, equipe que o projetou para o futebol nacional, com o prêmio de revelação do campeonato brasileiro em 2015.  No ano seguinte, foi comprado pelo Palmeiras-SP e fez parte do elenco campeão brasileiro. Sem muito espaço no ataque alviverde, foi emprestado ao Atlético-MG e posteriormente ao Botafogo-RJ até se transferir para o Yokohama.

Além de Erik, outros jogadores paraenses também passaram pelo Japão. O meia Magnum, com passagens pelo Paysandu e também pelo Remo, teve seu momento no futebol japonês. O jogador deixou o Santos-SP em 2006 para atuar no Kawasaki Frontale por duas temporadas. Em 2008, acertou com o Nagoya Grampus onde permaneceu até 2010.

Outro paraense foi o atacante Rony, da cidade de Magalhães Barata. Cria das categorias de base do Remo, Rony foi emprestado pelo Cruzeiro-MG ao Albirex Niigata e ficou por lá por apenas um ano, até retornar ao Brasil, viver um imbróglio com o Botafogo e fechar com o Athletico Paranaense.

Mas teve um paraense que gostou do futebol japonês. O atacante Pedro Júnior, que é natural da cidade de Santana do Araguaia (PA), o jogador passou por seis clubes no Japão e ficou por lá oito anos. Pedro Júnior vestiu as camisas do Omiya Ardja, Albirex Niigata, Gama Osaka, FC Tokyo, Vissel Kobe e por último o Kashima Antlers. Hoje ele está no Khorfakkan, dos Emirados Árabes Unidos.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!