Ex-Paysandu move ação na justiça trabalhista contra clube paraense

Jogador atualmente defende as cores do Castanhal

Redação Integrada

Sem acordo. Foi assim que terminou a segunda audiência de conciliação entre o atacante João Leonardo, que entrou na justiça contra a equipe do Independente de Tucuruí. O jogador atuou pelo Galo Elétrico em 2018, na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

Em audiência realizada no Tribunal Regional do Trabalho em Belém, representantes do jogador e do Independente tentaram um acordo. João Leonardo pede um pouco mais de R$30 mil na justiça, alegando salários retidos de maio, junho e julho e verbas rescisórias como o 13º e férias proporcionais. Uma proposta de R$12 mil foi feita pelo clube de Tucuruí (PA), que foi negada pelo advogado do atleta.

Uma nova audiência foi marcada entre clube e João Leonardo para a próxima segunda-feira (17), para uma nova rodada de negociação. O atacante tem 25 anos e teve uma breve passagem pelo Independente. Foram apenas seis partidas vestindo a camisa do Galo e, neste período, não balançou as redes. No Paysandu, em 2019, o jogador não atuou em nenhuma partida. Hoje João Leonardo defende o Castanhal no Campeonato Paraense.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES