Conheça as propostas dos clubes para a sequência do Parazão 2020

Competição tende a ter sede única

Nilson Cortinhas

Após mais de três meses de paralisação, diversos pontos de vista e divergências, o Campeonato Paraense 2020 está próximo de ter o seu destino sacramentado. O certame foi paralisado em meados de março, sendo que restam duas rodadas da fase classificatória, além das semifinais, finais e disputa de terceiro lugar. 

Nos curta no Facebook para acessar as principais notícias do dia, lives e promoções. Clique aqui.

A reportagem apurou que a próxima reunião da Federação Paraense de Futebol (FPF) tende a ter um tom mais pacífico dos diversos atores envolvidos. O encontro presencial, intitulado reunião do Conselho Técnico, está marcado para a próxima quinta-feira (02). Nas duas reuniões anteriores, os clubes divergiram. O Paysandu, que lidera a competição, queria a conclusão do campeonato. O Remo discordou.  

Regra

Para a aprovação de qualquer alteração no regulamento com a competição em andamento, é necessária a unanimidade entre os clubes participantes. 

E já há pontos de convergências. Entre eles, a aceitação do não rebaixamento. No momento, a única equipe matematicamente rebaixada é o Carajás. O detalhe é que esse acordo considera o acréscimo de dois clubes em 2021. Dessa forma, o Parazão seguinte seria disputado por 12 clubes.

Outro proposta, observada com bons olhos pelos clubes, é a inscrição de mais 15 atletas. A proposta vai beneficiar o Clube do Remo, que alterou significativamente o seu plantel durante a pandemia. 

Calendário

Anteriormente, a maior divergência era com relação ao calendário. No entanto, o fato foi amenizado com a perspectiva de que é viável realizar jogos no mês de agosto com um detalhe primordial. "Seria com sede única, todos vão aceitar que seja em Belém. Não terá público, então, é a melhor alternativa", disse o representante do Bragantino, Cláudio Braga. É possível que o campeonato seja concluído em cinco datas - excluindo-se um dos jogos das semifinais. 

O Parazão também vai se adequar à nova regra imposta pela Fifa, que permite até cinco substituições. 

 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES