Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Carrasco' da dupla Re-Pa, zagueiro da Tuna comenta propostas e quer um final diferente do Parazão

Jogador já eliminou o Remo e Paysandu de estaduais; Leão também foi vítima de Dedé na Copa Verde

Fabio Will

Em duas semifinais no Campeonato Paraense o zagueiro Dedé, hoje na Tuna, foi o destaque. A primeira ocorreu em 2019, quando defendia as cores do Independente. O defensor marcou dois gols contra o Paysandu no primeiro jogo e conseguiu segurar o Papão na Curuzu. Em 2021 foi a vez do Remo, gol contra o Leão e classificação para a decisão do Parazão. Em conversa com a equipe de OLiberal, Dedé falou um pouco dessas partidas, das disputas com Cairús nas semifinais e da luta pelo título.

O jogador já eliminou o Remo duas vezes, a primeira ocorreu em 2017, pela Copa Verde. Edé atuava pelo Santos-AP e o clube amapaense despachou o Leão nas quartas de final com um sonoro 3 a 0, em Macapá (PA). A segunda foi na semifinal do Parazão deste ano, o mesmo ocorrendo com o Paysandu, que foi vítima de Dedé em 2019, também na semifinal e também marcando gols. O zagueirão da Tuna afirmou que gosta de jogo grandes.

“Não me considero um carrasco, mas em jogos importantes contra Remo e Paysandu gosto bastante de atuar e me sinto bem para atacar. Graças a Deus nesses confrontos eu acabei marcando gols”, disse.

DEDÉ X EDSON CARIÚS

Na semifinal deste ano Dedé travou um duelo incessante com o atacante do Remo Edson Cariús. O jogador da Tuna gostou de enfrentar o atacante remista e afirmou que não teve provocações e que o duelo ficou somente dentro das quatro linhas.

“Foi uma disputa boa e saudável. Não ficamos trocando provocações, apenas chegamos mais firmes na bola. Era um jogo decisivo, clássico, ninguém quer perder”, contou.

PAYSANDU

Dedé, de 25 anos, já rodou por alguns clubes, por último estava no Vitória-BA, clube tradicional do Nordeste. O jogador vive a expectativa de poder levantar a taça do Parazão, que deixou escapar em 2019 com a camisa do Independente.

“Feliz em chegar em mais uma final, agora é um clássico e esses jogos são decididos nos detalhes. Nosso elenco está bem tranquilo, sabemos que não podemos errar. Estamos focados, já enfrentamos o Paysandu e temos um aprendizado que não pode dar brecha para eles, já perdemos e tiramos as lições dessa derrota e agora é final”, falou.

PROPOSTAS PARA O SEGUNDO SEMESTRE

A Tuna está na final do Parazão e conquistou o direito de jogar a Série D e também a Copa do Brasil, porém a Lusa terá que parar, já que as competições serão em 2022. Dedé está sendo avaliado pelo Paysandu, garante que não pensa nisso e que só pensa na decisão do Campeonato Paraense.

“Eu ainda não sentei pra saber sobre interesses de outros clubes. Estou focado na final, na Tuna, é um título que eu quero muito. Cheguei na decisão em 2019 com o Independente, mas infelizmente deixamos escapar e agora é concentrar na final. Depois penso em propostas para o segundo semestre”, finalizou.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES