Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Renda Pará: veja quem pode receber o pagamento hoje, terça-feira (18/01)

O benefício será pago hoje a quem nasceu de 01 a 10 de julho; confira o calendário completo

O Liberal

Após paralisação por três dias, o programa Renda Pará foi retomado no sábado (15/01). Hoje, nesta terça-feira (18/01), os pagamentos irão para quem nasceu de 01 a 10 de julho.

O auxílio teve início em outubro de 2020, quando 720 mil pessoas foram beneficiadas, representando um investimento de R$ 72 milhões. A ação garantiu um reforço financeiro de R$ 100, pago em cota única, aos paraenses cadastrados no Bolsa Família (novo Auxílio Brasil) atingidos social e economicamente pela crise da pandemia.

Confira o calendário de pagamento do Renda Pará

Data do recebimento – Data do aniversário

18 de janeiro – 01 a 10 de julho
19 de janeiro – 11 a 20 de julho
20 de janeiro – 21 a 31 de julho
21 de janeiro – 01 a 10 de agosto
22 de janeiro – 11 a 31 de agosto
24 de janeiro – 01 a 10 de setembro
25 de janeiro – 11 a 20 de setembro
26 de janeiro – 21 a 30 de setembro
01 de fevereiro – 01 a 10 de outubro
02 de fevereiro – 11 a 20 de outubro
03 de fevereiro – 21 a 31 de outubro
04 de fevereiro – 01 a 10 de novembro
05 de fevereiro – 11 a 30 de novembro
07 de fevereiro – 01 a 10 de dezembro
08 de fevereiro – 11 a 20 de dezembro
09 de fevereiro – 21 a 31 de dezembro.

Saiba se você tem direito a receber o Renda Pará

Como receber o Renda Pará?

Uma das exigências para o saque do benefício é a comprovação da imunização contra a Covid-19. O beneficiário pode receber o pagamento em qualquer agência bancária do Banpará

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA