FGTS: Novo ministro do Trabalho pretende acabar com saque-aniversário; entenda

Luiz Marinho criticou a modalidade, que permite que trabalhadores retirem recursos anualmente do Fundo, mas proibe retirada do valor integral em caso de demissão

O Liberal
fonte

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende acabar com o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), como adiantou o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, em entrevista ao jornal O Globo. As informações também são do Valor Investe.

VEJA MAIS:

image Lula escolhe Luiz Marinho para chefiar Ministério do Trabalho, segundo a Folha
Nome do deputado federal eleito, e que já chefiou a pasta de 2005 a 2007, deve ser anunciado em breve

image Novo ministro do Trabalho, Marinho defende valorizar salário mínimo e regular atividades por app
Proposta de política de valorização permanente do salário deve ser apresentada ao Congresso "em curto espaço de tempo"

Hoje, ao escolher a modalidade, o trabalhador pode resgatar uma parte do saldo das suas contas do FGTS anualmente, no seu mês de aniversário, acessando um dinheiro extra, mas perdendo a possibilidade de retirar o valor integral se for demitido.

Esta ferramenta foi instituída por uma lei em 2019, durante o governo Bolsonaro, sendo uma alternativa para 28,6 milhões de trabalhadores que aderiram ao saque-aniversário e que sacam, em média, R$ 12 bilhões por ano. Desde que foi criada, a modalidade resgatou quase R$ 34 bilhões do Fundo.

VEJA MAIS:

image Saque aniversário do FGTS: calendário de saques de 2023 já pode ser consultado
A transação pode ser feita uma vez ao ano e permite a retirada de até 50% do saldo, a depender do total acumulado no fundo

image Saque-aniversário do FGTS de trabalhadores nascidos em janeiro já está disponível; veja como sacar
Essa modalidade permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano

Novo ministro do governo Lula, Marinho criticou o saque-aniversário: "Quando se estimula, como esse irresponsável e criminoso desse governo que terminou, sacar em todos os aniversários, quando o cidadão precisar dele [do FGTS], não tem. Como tem acontecido reclamação de trabalhadores demitidos que vão lá e não têm nada", acrescentou.

VEJA MAIS:

image Saque-Aniversário: antecipação pode prejudicar o trabalhador, afirma economista
Ao realizar a antecipação, trabalhador pagará juros para o banco; prazo para saque de nascidos em outubro termina no próximo dia 30

image Saque-Aniversário: saiba como utilizar o dinheiro de acordo com dicas de um economista
Nélio Bordalo Filho é economista e acredita que o valor deve ser utilizado em situações emergenciais ou para pagamento de dívidas

Ele ainda prometeu repetir os feitos de sua primeira gestão da pasta, que comandou de 2005 a 2007. Entre eles, usar o FGTS como instrumento de investimento.

"O FGTS tem dois objetivos, historicamente. Um deles é estimular um fundo para investimento, que é de habitação. E nós criamos, eu criei, quando ministro do Trabalho, o FI-FGTS, para financiar produção, projetos para gerar empregos e crescimento, para aumentar ainda mais o Fundo e beneficiar os cotistas", disse.

Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA