Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Estudantes paraenses podem se inscrever em programas trainee exclusivos para negros

Rede varejista faz seleção inédita no país

Abilio Dantas e Elisa Vaz

Em meio à pandemia do novo coronavírus, que gerou dificuldades para quem busca ingressar no mercado de trabalho, várias empresas estão criando programas trainee específicos para quem enfrenta esse gargalo ainda mais de perto: pessoas negras. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registra que no segundo trimestre deste ano, o primeiro completo sob os efeitos da covid-19, a taxa de desemprego de pessoas pretas foi de 17,8%, de pardos, 15,4%, e de brancos, 10,4%.

O aumento da diferença, para o economista Marcelo Neri, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), está ligado aos setores mais afetados pela pandemia. “Por exemplo, o trabalho doméstico, que tem uma participação de mulheres negras muito forte. Ou o setor de serviços”, afirma.

No Magazine Luiza, ou Magalu, haverá programa trainee em 2021 apenas para candidatos negros, com o objetivo de trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil.

Serão aceitas pessoas formadas entre dezembro de 2017 e dezembro de 2020, em qualquer curso superior. O conhecimento em língua inglesa e experiência profissional anterior não fazem parte dos pré-requisitos para a seleção. Candidatos de todo o país podem participar, desde que tenham disponibilidade para se mudar para São Paulo. Caso o selecionado seja de fora da cidade, receberá um auxílio mudança. As inscrições podem ser feitas pelo site carreiras.magazineluiza.com.br.

O processo seletivo terá seis etapas: testes online; gravação de um vídeo de apresentação profissional; entrevistas com o departamento de recursos humanos; entrevistas com diretores de área; entrevistas com a diretoria executiva; e conversa com o CEO da empresa, Frederico Trajano. O salário é de R$ 6.600 mais bônus de contratação de um salário, além de benefícios como vale-refeição ou vale-alimentação, vale-transporte, participação nos lucros e resultados, plano médico e odontológico, acesso a academia, desconto em produtos, home office híbrido, frutas no escritório, liberdade para se vestir como quiser, previdência privada e bolsa inglês.

Outra empresa com vagas abertas para candidatos negros é a Bayer, multinacional alemã de saúde e agricultura. Podem participar profissionais negros graduados ou pós-graduados entre dezembro de 2017 e dezembro de 2020 em qualquer curso. A duração do programa é de 18 meses e a remuneração é de R$ 6.900, com direito a assistência médica e odontológica, além de acesso a academia, previdência privada, seguro de vida e outros benefícios. As inscrições devem ser feitas até 21 de outubro no site liderancanegra.ciadetalentos.com.br.

Palavras-chave

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA