Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cresce o volume de serviços no Pará em julho de 2022, aponta IBGE

Esse foi o sétimo mês, no período de um ano, com a variável positiva

Luciana Carvalho

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada nesta terça-feira (13) pelo IBGE, o volume de serviços no estado do Pará cresceu 0,6% em julho de 2022. Esse foi o sétimo mês, no período de um ano, com a variável positiva.

No que se refere o acumulado do ano no Pará, o mês de julho trouxe os índices de 6,0%, o que apontou 0,6 ponto percentual a menos do que em junho de 2022. Já na variação acumulada dos últimos doze meses, o mês de julho trouxe a variação de 6,5%, o que representa 1,4 ponto percentual a menos do que junho, cujo valor era de 7,9% no estado.

A pesquisa revela ainda que o mês de julho foi o sétimo mês, no período de um ano, com a variável positiva, ficando atrás dos meses de fevereiro de 2022 (1,0%), novembro de 2021 (1,2%), abril de 2022 (1,5%), outubro de 2021 (1,7%), março de 2022 (1,9%) e janeiro de 2022 (3,7%). Já dentre os meses que tiveram queda no mesmo período, pode-se destacar: julho de 2021 (-0,1%), junho de 2022 (-0,6%), maio de 2022 (-0,7%), setembro de 2021 (-1,5%), dezembro de 2021 (-2,5%) e agosto de 2021 (-2,9%).

 A arquiteta Brunna Corrêa Carvalho, de 23 anos, também atua como maquiadora profissional desde 2016.  Ela conta que em julho de 2022 sentiu que a procura pelo serviço de maquiagem aumentou, em média, 60% em relação ao mesmo período do ano passado. “Fui uma das profissionais que sentiu bastante com a pandemia. Após essa melhora, eu tive um aumento continuo ganhando duas vezes mais do que no ano passado. Creio que esse aumento se deve pela melhora da atual situação na saúde e empregos”, avalia a maquiadora.

VEJA MAIS

Setor de serviços cresce 3% no Pará e coloca estado com 3º melhor desempenho no Brasil
Paraenses que trabalham no ramo afirmam que avanço da vacinação tem estimulado a economia

Número de empresas abertas no Pará aumentou 22,09% em 2021, segundo a Jucepa
No ano passado, setor de serviços liderou a abertura de empresas no Estado, com 72.995 novos empreendimentos

Flexibilização do uso de máscaras anima quem trabalha com venda de maquiagem em Belém
Comerciantes e profissionais da área já percebem uma procura maior pelos produtos no mercado paraense após a exigência do uso do item em locais públicos

Brasil

Em relação ao Brasil, a pesquisa mostra que no mês de julho o volume de serviços no país cresceu 1,1% frente a junho, na série com ajuste sazonal. O setor se encontra 8,9% acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia) e 1,8% abaixo de novembro de 2014 (ponto mais alto da série histórica).

Na série sem ajuste sazonal, ante julho de 2021, o volume de serviços no país subiu 6,3%, sua 17ª taxa positiva consecutiva. O acumulado do ano chegou a 8,5% frente a igual período de 2021, e o acumulado nos últimos doze meses passou de 10,5% em junho para 9,6% em julho de 2022, mantendo trajetória descendente desde abril de 2022 (12,8%).

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA