Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Auxílio emergencial começa a ser pago na terça, dia 6 de abril

Quem garante a data é o ministro da Cidadania, João Roma

Redação Integrada com informações do G1

O auxílio emergencial começará na próxima terça-feira (6), segundo anunciou ministro da Cidadania, João Roma, nesta quarta-feira (31). Os beneficiários poderão consultar no site da Dataprev, a partir desta quinta-feira ( 1º), se receberão a nova rodada do auxílio.

"Iniciaremos na próxima semana, no dia 6 de abril, o pagamento do auxílio emergencial 2021. Como o presidente Bolsonaro falou, esse é um alento para o povo brasileiro. Esse auxílio emergencial viabilizado através da PEC emergencial com um valor de R$ 44 bilhões servirá para quatro parcelas no ano de 2021, que será direcionado diretamente para esse brasileiro vulnerável", disse o ministro da Cidadania durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (31).

Segundo o ministro, o enxugamento no número de beneficiados preservará o "brasileiro mais vulnerável" e terá o valor médio de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375 a depender da composição de cada família.

O presidente da República Jair Bolsonaro, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto, também participaram do evento de lançamento. Bolsonaro disse que o governo "não pode continuar por muito tempo com estes auxílios".

"O governo sabe que não pode continuar por muito tempo com estes auxílios que custam para toda a população e que podem desequilibrar a nossa economia. O apelo que a gente faz aqui é que essa política de lockdown seja revista. Isso cabe, na ponta da linha, aos governadores e prefeitos", disse o presidente.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA