Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Área de segurança digital está em alta no mercado; salários podem chegar a R$ 45 mil

Segurança dos sistemas de TI e proteção das informações das empresas apareceram entre as principais prioridades estratégicas dos CIOs para 2022

Luciana Carvalho

Em meio ao grande número de ataques hackers no mundo, estudos mostram que a proteção de informações está entre as principais prioridades estratégicas dos CIOs (nome dado para diretores, superintendentes e gerentes de TI) para 2022. As informações são do portal Exame.

Cada vez mais frequentes, os ciberataques vêm preocupando empresas e órgão governamentais de todo o mundo. Microsoft, Samsung, Americanas, Sebrae e Mercado Livre são apenas alguns exemplos de grandes organizações que tiveram seus sistemas invadidos por criminosos desde o começo do ano.

No final de março, o site do Tribunal Regional Federal da 3ª região (TRF-3), que abrange São Paulo e Mato Grosso do Sul, foi invadido por hackers. Uma semana após o ataque, os serviços ainda não tinham sido reestabelecidos.

VEJA MAIS

'Como fazer currículo pelo celular' é tema frequente no Google; confira dicas Nova modalidade no mercado, o vídeo currículo já tem sido utilizado pelas empresas que desejam recrutar novos profissionais

Por que aprender inglês pode trazer mais chances de conseguir um emprego? O inglês é o idioma estrangeiro mais usado em todo mundo

Mas este tipo de ataque não é de hoje. Segundo um levantamento da consultoria alemã Roland Berger, o Brasil foi o quinto país mais afetado por crimes cibernéticos no mundo em 2021. Apenas no primeiro semestre do ano passado, o país registrou 9,1 milhões de ocorrências de ataques do tipo “ransomware” (quando os cibercriminosos restringem o acesso ao sistema e cobram resgate em criptomoedas para que seja restabelecido).

Segurança digital no mercado de trabalho 

Para ter ideia, a segurança dos sistemas de TI e proteção das informações das empresas apareceram entre as principais prioridades estratégicas dos CIOs para 2022 no último Guia Salarial da Robert Half, empresa global de consultoria de recursos humanos. 

O documento também mostra que, com a crescente demanda por esse tipo de profissional dentro das empresas, a remuneração oferecida para estas vagas também é bastante competitiva: com os salários começando em na casa dos R$ 5 mil para cargos de entrada e podendo ultrapassar os R$ 45 mil mensais no caso de profissionais mais experientes.

Como se especializar em direito digital e cibersegurança?

Por conta da grande demanda na área de atuação em segurança dos sistemas de TI e proteção das informações , um profissional de segurança cibernética pode se aproveitar dos mais variados tipos de formação no nível de graduação.

 Para Altair Santin, líder do grupo de cibersegurança e privacidade do CNPq e professor da pós-graduação de informática da PUC-PR, o ideal é fazer uma graduação em segurança da informação ou cibersegurança. “O problema é que temos pouquíssimos cursos disponíveis nesta área no Brasil. Outra alternativa é se graduar em ciência da computação. No curso, o estudante terá uma disciplina de segurança apenas. Mas depois você pode se especializar. É um caminho mais longo e menos integrado e focado, mas possível”, pondera.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA