Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Sons do patrimônio rumo ao Norte', turnê de 10 anos do grupo Camerata Caipira inédito no Pará

A programação em Belém é nesta quinta, 29, às 20h no Teatro do Sesi e depois segue para Alter do Chão, em Santarém, no dia 3 de agosto

Emanuele Corrêa

Celebrando 10 anos de carreira, o grupo Camerata Caipira está em turnê com o projeto "Sons do Patrimônio Rumo ao Norte" com programação três programações inéditas no Pará, em Belém e Santarém. A programação que antecede o show começa hoje, 28, com o espetáculo infantil "Cadê o Bicho que tava aqui?" e a oficina para crianças de 4 a 12 anos, acompanhadas pelos responsáveis. Amanhã, 29, às 20h no Teatro do Sesi, em Belém com entrada franca. A programação segue para Alter do Chão, em Santarém, no dia 3 de agosto.

O grupo formado por Isabella na voz e percussão; Victor Batista, na voz e viola caipira; Nelson Latif no cavaquinho e violão sete cordas; Bosco Oliveira no violão  e Sandro Alves na percussão. O grupo pesquisa os mais variados ritmos musicais do Brasil, incluindo os paraenses, mas em 10 anos é a primeira vez que trazem o projeto ao Pará. As duas cidades foram escolhidas para se tornarem palco.

Isabella Rovo, além de cantora é produtora do grupo e contou que a apresentação não é só inédita em Belém, é a primeira vez que vão apresentar na Região Norte do país. Sobre os ritmos presentes no show, ela ressalta que entre os ritmos brasileiros que compõem o projeto, está o carimbó. "Coco, xote, baião, catira, boi, moda, frevo, carimbó. O grupo pesquisa ritmos de diversas regiões do país e faz arranjos especiais para instrumentos de cordas. A cultura popular é a nossa maior inspiração", pontuou.

Segundo Isabella, o grupo tem grandes expetativas para a apresentação na cidade, e também para a troca cultural, que pretendem fazer enquanto estiverem no Pará. "Conhecer e trocar experiências com músicos locais. No show do dia 29 haverá a participação do grupo local tambores do Tocantins, com quem faremos uma integração ao fim do show. Queremos visitar os locais tradicionais e participar de uma roda de carimbó legítima", explicou.

A cantora reforçou a programação e fez um convite para o show e oficinas aos paraenses. "São três shows distintos: no dia 28 faremos um show/oficina no Ponto de Cultura Ninho do Colibri no Outeiro, possibilitando interagir com as crianças que participam do projeto. Dia 29 um show para todas as idades com um misto do nosso repertório recolhido ao longo desses 10 anos. Dia 30 faremos um show especial para crianças com o repertório do nosso álbum 'Cade o Bicho que tava aqui?' que trata de animais brasileiros, em especial, do Cerrado", finalizou.

As atividades práticas na oficina pensada para crianças, propõem explorar através de brincadeiras, danças e percussão corporal, os ritmos trabalhados no álbum mais recente do grupo, contou Isabela. “A nossa intenção é propiciar um momento lúdico para as crianças e suas famílias, num passeio divertido pelos sons do Brasil”, explicou.

O grupo tem álbuns gravados, o primeiro que leva o nome do grupo "Camerata Caipira" foi lançado em 2014 e trabalha a diversidade dos rincões do Brasil. O segundo álbum de trabalho é o "Cadê o Bicho que tava aqui?", lançado em 2019. Este é focado no público infantil e a proposta é enaltecer a fauna da região dos cerrados brasileiros. Mas o grupo brinca que é um trabalho para crianças de "zero aos 100 anos". Este ano, o álbum ganhou seis novas faixas em versão digital.

 

Agende-se

Espetáculo “Sons do Patrimônio Rumo ao Norte” - duração 1h30
Repertório: misto dos dois álbuns do grupo
Classificação: acima de 10 anos
Entrada: gratuita
Belém: Teatro SESI - 29 de julho, às 20h
Alter do Chão: Espaço Alter do Som - 3 de agosto, às 19h

 

Espetáculo Infantil - Cadê o Bicho que tava aqui?

Belém: Ponto de Cultura Ninho Colibri (Outeiro) - 28 de julho, às 10h

Belém: Teatro SESI - 30 de julho, às 16h

Classificação: livre
 

Oficinas - Duração 1h30

Classificação: crianças de 4 a 12 anos, acompanhadas pelos responsáveis

Entrada: gratuita

Belém: Ponto de Cultura Ninho Colibri (Outeiro) - 28 de julho, às 10h

Manaus: Centro Cultural Palácio Rio Negro - 7 de agosto às 10h

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA