Roda Pandeiro Livre promove carnaval no Círio

A festa 'Minha carne é de carnaval' faz um encontro de gerações de artistas paraenses

Bruna Lima

A Roda Pandeiro Livre programou um evento especial para celebrar o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, na capital paraense com o tema "Minha Carne é de Carnaval". O evento surge com a proposta de homenagear o álbum "Acabou Chorare" dos Novos Baianos e conta com várias participações. A programação vai ocorrer na Casa Koentro, nesta quarta-feira (9).  O ingresso custa R$10,00, mas quem chegar até 19h não paga.

Quem for conferir a programação vai se divertir com a batida do coletivo de pandeiro somado a banda formada por Ana Paula Castro e Raidol nos vocais. Ariran Albuquerque no violão, Rafael Azevedo no baixo e Emanuel Penna na bateria. Mas a festa ainda conta com as participações especiais de Lariza Xavier, Marcelo Sirotheuau, Ocimar Moura além da discotecagem da Dj Jack Sainha, que traz brasilidade em seu set.

O projeto Pandeiro Livre surgiu há um ano sob o comando do percussionista paraense Douglas Dias, que toda terça-feira ministra aulas no Núcleo de Conexões Na Figueredo para um grupo variado de pessoas interessadas pelo universo do pandeiro. Nesse processo de aprendizagem o músico inclui a parte prática com a organização de uma festa para que os alunos se apresentem e mostrem o que vêm aprendendo nas oficinas.

Na edição do Círio, Douglas Dias resolveu fazer uma festa carregada de brasilidade para homenagear o disco "Acabou Chorare" dos Novos Baianos, já que se trata de um dos álbuns mais importantes da música popular brasileira. "Esse momento do Círio é muito especial para a cidade e para a nossa cultura, pois a cidade fica lotada, as pessoas estão mais felizes. Por isso, resolvi fazer a festa nesse clima de carnaval. E além desse objetivo de entretenimento é um momento muito importante para os alunos, pois é uma forma deles mostrarem ao público o aprendizado nas oficinas", explica Douglas Dias.

O curso "Pandeiro Livre" é direcionado ao estudo do pandeiro brasileiro no Norte do Brasil. E ao longo desse ano o percussionista Douglas Dias vem realizando módulos com ritmos diversos da música da Amazônia e do mundo. No curso, as pessoas têm oportunidade de conhecer os primeiros passos de como tocar o instrumento, a história e seus fundamentos baseados nas técnicas deixadas por mestres como Márcio Jardim, Luis Sampaio Sciose, Emílio Mininéia, Jackson do Pandeiro,Jorginho do Pandeiro,Marcus Suzano,Gilberto Campelo,Tadeu Campany e entre outros.  

Agende-se:

Minha Carne é de Carnaval
Data: quarta, 9,  a partir das 18h
Local: Casa Koentro (Av. José Malcher)
Ingresso: A partir das 19h R$10,00

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!