Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mario Frias e Sergio Camargo criticam Taís Araújo: 'Vão trabalhar'

Ex-servidores do governo Bolsonaro decidiram questionar fala da atriz, que estrela o filme 'Medida Provisória'

Lucas Costa

Mario Frias e Sérgio Camargo, ex-integrantes do governo Bolsonaro, decidiram iniciar um ataque contra Taís Araújo nas redes sociais. A atriz, que estará nos cinemas em "Medida Provisória", filme que estreia na quinta-feira (14), foi acusada de viver em uma "realidade paralela".

VEJA MAIS

Mario Frias perde ação de danos morais contra ator que o chamou de ‘racista’
O ator fez as críticas após o secretário ter feito um comentário racista direcionado a um ativista

Taís Araújo conta que foi criticada por Carrasco ao se recusar a fazer cena de sexo
Ela recordou que o longa, embora tenha sido muito elogiado, também foi criticado por retratar a personagem-título por um viés erótico

O ex-secretário especial de Cultura, Mario Frias, compartilhou em seu Instagram um trecho de uma entrevista onde Taís fala dos anos do governo Bolsonaro como um período difícil. Na legenda, ele questiona o discurso da atriz.

"Certos artistas vivem em uma realidade muito paralela… Será que Thais se lembra que passamos por uma pandemia mundial e mesmo assim, tivemos em 2019 e 2020 a maior arrecadação dos últimos 5 anos?", argumenta Mario.

Em resposta, Sérgio Camargo, ex-presidente da Fundação Palmares, chamou Taís Araújo e o marido Lázaro Ramos - diretor de "Medida Provisória" - de "artistas mimizentos, que nada fazem pelo país".

No trecho da entrevista de Taís compartilhado pelos ex-servidores do governo Bolsonaro, ela fala sobre as eleições. "A mudança está nas nossas mãos. Não foram quatro anos difíceis. Foram infernais, foram um pesadelo. Desespero, aumento da miséria. A gente andou para trás a galope. Não dá para continuar. O poder está nas mãos do povo", pontua Taís em uma entrevista recente, sobre o filme.

Estreia de Lázaro Ramos como diretor de ficção, "Medida Provisória" acompanha os esforços de um casal que quer se reencontrar depois de o governo editar uma medida que obriga todos os negros do Brasil a se mudarem para a África.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA