Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Karla França retrata experiência de vida no romance "Sequelas"

A obra é o primeiro romance da escritora

Bruna Lima

A paraense Karla França estreia no mundo das letras com o romance "Sequelas", livro que narra as experiências em solo europeu. O lançamento será em Belém, na livraria Fox, nesta sexta-feira (24), entre 16h às 20h, com um coquetel de autógrafos. 

Sobre o processo de produção da obra, Karla diz que começou a escrever há mais ou menos 10 anos. Mas como sempre estava atarefada com o trabalho de designer gráfico ficava adiando a finalização do livro.

"A pandemia veio e finalmente decidi levar o projeto “Sequelas” até o fim.  A ideia do livro surgiu quando percebi a quantidade enorme de pessoas que me perguntavam como fui parar na França e como consegui vencer no processo fastidioso da imigração. Desde que saí do Brasil, eu enviava e-mails “comunitários” para as pessoas mais próximas de mim: meu pai e melhores amigas. Nesses e-mails eu relatava todos meus perrengues, itinerários, revoltas e desabafos. Então o livro já estava praticamente pronto. Bastava compilar e romancear o êxodo, que era como descreviam a situação na época. Daí então, nasceu “Sequelas”", explica a escritora.

Ela completa que todo esse trabalho foi como um expurgo.  E para escrevê-lo, precisou construir a personagem na pessoa que ela era em 2006, voltar a pensar como era o que desencadeou alguns conflitos consigo. Mas, no final, ela acredita que deu tudo certo.

A literatura na vida de Karla está presente desde sua infância, mas demorou a encarar um romance. "Crônicas eram mais fáceis para mim, por mais que tenha sido bastante incentivada pelo meu antigo mestre João Carlos Pereira, que foi meu mentor na literatura. Hoje sou cronista da Revista europeia “Viajadamente”, voltada para os imigrantes brasileiros na Europa. Minha família também tem sua veia literária. Meu padrinho é membro da Academia Paraense de Letras (Flávio Quinderé) e minha tia-avó é autora do livro “Padre Quinderé”", completa.

Karla faz questão de lançar o livro primeiramente em Belém por ser sua terra, local onde está seu povo e suas raízes. Ela diz que não poderia ser de outra maneira. "Representa minha volta por cima, meu grito do Ipiranga, pois saí de Belém muito machucada e magoada com o Brasil. E hoje quero que meu povo sinta orgulho desta paraense que também os representa lá fora", destaca.

O segundo livro da escritora já está em produção. A obra também nasceu da própria experiência de vida da autora. A história que se forma retrata uma mãe que faz o Caminho de Santiago de Compostela com sua filha adolescente. Ambas “sequeladas”, andando, brigando e se resolvendo durante um mês e 18 dias de Saint-Jean-Pied-de-Port (França) até a Catedral de Santiago, na Espanha. 

Karla França, nascida em Belém e hoje residente em Paris, migrou para a Europa em meados da década de 2000. Após o perrengue típico de uma empreendedora falida, enrolada inclusive por amigas socialaites, embarcou para o Velho Continente via Itália, passando por Portugal, Espanha e França, onde aportou com o coração e alma.  

Serviço:

O lançamento de Sequelas de Karla Françaserá

Data: 24 de junho

Local: Livraria Fox (rua Dr. Moraes, 584, Nazaré), em coquetel de autógrafos

Hora: das 16 às 20h

 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA