Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Documentário "Olhares do Norte: Pará" está em fase de gravação com histórias de fotógrafos paraenses

A série conta com 13 episódios que contempla 13 artistas da fotografia do estado

Bruna Lima

A arte da fotografia é tema do documentário "Olhares do Norte: Pará" que está em fase de preparação com a direção do cineasta Fernando Segtowick e criação e roteiro de Ismael Machado. A série conta com 13 episódios que contempla 13 artistas da fotografia do estado. A previsão de lançamento é para o próximo ano e um dos fotógrafos entrevistados é o coordenador de audiovisual do Grupo Liberal, Tarso Sarraf.

O trabalho está sendo realizado com incentivo do edital de TV 's públicas e o material vai ser exibido primeiramente pelas televisões públicas do país, mas depois poderá ser comercializado e exibido por outras emissoras. Fernando Segtowick explica que a ideia da série é registrar o movimento na fotografia, que já tem uma história desde os anos 80 e, consequentemente, divulgar a região e os artistas.

O edital foi aprovado em 2018, mas o projeto só recebeu o financiamento dois anos depois e a pandemia do novo coronavírus acabou atrasando o processo de produção. O trabalho começou a ser realizado no ano passado e, atualmente, está em fase de gravação com os entrevistados.

A ideia do documento audiovisual é mostrar que o clique do fotógrafo passa por todo um processo e formação. "Todo artista e sua obra tem a ver com o que ele é, com o que ele viveu, a infância e a trajetória. Então estou focado em mostrar o processo e dizer que o clique não é algo simples como muitas pessoas pensam. Existe um trabalho, um conceito e uma jornada", destaca o diretor do documentário.

A escolha dos entrevistados passa pela necessidade de contemplar diferentes gerações, olhares e artistas, por isso, Fernando adianta que a série possibilita outras temporadas, já que o estado possui uma diversidade de artistas na modalidade da fotografia. 

 "A série dá esse panorama. Nós temos tantos fotógrafos incríveis que a série permite fazer novas temporadas. Esse primeiro recorte tem uma lista incompleta, sabemos disso, mas é um primeiro momento, uma primeira temporada", explica Fernando Segtowick.

Entre os selecionados para participar do documentário está o fotojornalista Tarso Sarraf, que se sentiu honrado em dividir o espaço com outros nomes da fotografia paraense. "Me senti feliz e honrado em poder participar deste trabalho junto com profissionais e artistas que admiro e que também tenho e já tive a oportunidade de dividir histórias. Inclusive, com o Ismael Machado, que é o roteirista do trabalho, já realizamos boas pautas e dividimos vários momentos juntos", pontuou o fotojornalista.

Além do Tarso, o documentário também conta com os depoimentos de Octavio Cardoso, Nay Jinkinss, Walda Marques, Paula Sampaio, Miguel Chikaoka, Guy Veloso, Luiz Braga, Nailana Thiely, Dirceu Maués, Claudia Leão, Elza Lima e Eduardo Kalif. Além dos fotógrafos familiares, amigos e fotógrafos de fora do estado também participam do documentário. 

O trabalho de pesquisa é de Michelle Maia. A direção também conta com a participação de Adrianna Oliveira e Matheus Almeida. E a produção é da Marahu Filmes.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA