Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Soul', da Pixar, é o favorito ao Oscar 2021 de Melhor Animação

A crítica de cinema Lorenna Montenegro avalia cada um dos indicados.

Redação Integrada

O Oscar 2021 traz cinco indicações à categoria de Melhor Animação: “Soul”, da Pixar; “Dois irmãos: uma jornada fantástica”, da Disney; “A Caminho da Lua”, da Netflix; "Shaun, o Carneiro: O Filme - A fazenda contra-ataca", do estúdio do Aardman; e "Wolfwalkers", do Cartoon Saloon, referência na Europa. A crítica paraense de cinema Lorenna Montenegro arrisca um palpite sobre a premiação que acontecerá no próximo domingo, 25.

Lorenna tem como candidatos favoritos a levar a estatueta para casa “Soul” e “Wolfwalkers". O primeiro conta a história de um professor de música que sonha em ser famoso e, ao entrar para a banda de uma renomada saxofonista, infelizmente sofre um acidente e morre antes do primeiro show. A alma do professor assume a tutoria de uma jovem alma problemática, com a esperança de que, ao ajudá-la a encontrar o propósito dela, ele consiga subverter o Além e voltar à vida no plano físico.

“Indubitavelmente, ‘Soul’ deve levar esse prêmio. É a Pixar mostrando a sua força como principal estúdio de animação do mundo. O filme aborda a questão do pós-vida em uma linguagem acessível aos públicos de todas as idades e fala sobre a busca da felicidade. A animação é dirigida pelo presidente da Pixar, Peter Docter (“Divertida mente”), junto com Kemp Powers, que é um dramaturgo fantástico”, destaca.

Já “Wolfwalkers", dirigido por Tomm Moore e Ross Stewart, é o terceiro e último filme da "Trilogia Folclórica Irlandesa" de Moore, cujos filmes anteriores foram “O Segredo de Kells” e “Canção do Mar”. A animação traz uma aventura celta de meninas, lobisomens, lendas locais e a história real da Irlanda. “’Wolfwalkers’ conta a história medieval do encontro de duas meninas, sendo uma da floresta e outra da cidade, que é referenciada em Robin Hood, que passa a ser perseguidas por lobos. É um encontro muito bonito sobre natureza, amizade, preservação e sagrado feminino”.

Outro longa que aborda o sagrado feminino é “A Caminho da Lua”, de Glen Keane e John Kahrs. Ele narra a história de uma menina que enfrenta o luto pela morte da mãe. Ela constrói uma nave espacial e viaja para a lua com o propósito de provar para o pai que ali existe uma deusa mística. Mas, ao chegar ao destino, ela se depara com criaturas fantásticas que a ajudarão a completar a missão e a voltar para casa em segurança.

“Considero que ‘A Caminho da Lua’ é uma das melhores animações. Tem um protagonismo feminino muito bacana e uma abordagem da cultura oriental que a gente não costuma ver em animações ocidentais. Conta a história de uma menina que quer se reconectar com a sua família. É uma aventura espacial muito interessante”.

 Já "Dois irmãos: Uma jornada fantástica", dirigida por Dan Scanlon ("Universidade Monstros"), não é bem avaliado por Lorenna Montenegro. A animação narra a aventura de dois irmãos elfos, Ian e Barley, em busca de realizar a magia que vai trazer o pai deles de volta à vida por 24 horas, com a ajuda de um cajado que possui uma pedra mágica. A história é tomada de personagens fantásticos, como fadas, unicórnios e centauros. “O filme ‘Dois Irmãos’, da Disney, pra mim é inferior aos outros concorrentes. Acho um pouco decepcionante. São dois irmãos, criaturas místicas, que estão em busca do pai, numa aventura épica”.

Já "Shaun, o Carneiro: O Filme - A fazenda contra-ataca", integra a franquia do atrapalhado “Shaun, o Carneiro”, que possui uma série e dois longas. Porém, nessa nova aventura, a tranquila cidade de Mossingham sofre uma invasão alienígena, com o extraterrestre Lu-La querendo conhecer a cultura terrestre, enquanto o fazendeiro tenta lucrar com a popularidade de ETs no local.

“A continuação do ‘Shaun’ brinca com a questão do gênero da ficção científica. O Shaun é um personagem derivado de ‘Wallace & Gromit’, que faz parte do estúdio do Aardman Animation, que é muito tradicional da Inglaterra, responsável pelo ‘Wallace & Gromit’ e ‘A Fuga das Galinhas’. É legal eles conseguirem mais uma vez uma indicação, mas as chances de ganhar são pequenas porque tem concorrentes mais fortes”. 

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM CINEMA

MAIS LIDAS EM CULTURA