Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Festival de Cannes 2021 anuncia filmes da seleção oficial, com grandes obras

O Brasil não participa da competição principal, mas Rodrigo Teixeira coproduz, com Charles Gillibert, o longa Bergman Island, de Mia-Hansen Love

Agência Estado

Brasileiros em Cannes. O delegado-geral Thierry Frémaux e o diretor-geral Pierre Lescure apresentaram numa coletiva, na manhã de quinta-feira, 3, em Paris, os filmes que vão concorrer à Palma de Ouro de 2021. O festival será presencial, de 6 a 17 de julho, com rígidos protocolos de segurança. Todo mundo terá de apresentar certificados de vacinação.

O Brasil não participa da competição principal, mas Rodrigo Teixeira coproduz, com Charles Gillibert, o longa Bergman Island, de Mia-Hansen Love, que concorrerá sob a bandeira francesa. Cenas de um casamento na Ilha de Farö.

Outro brasileiro, Karim Aïnouz, terá direito à sessão especial para seu novo filme, o biográfico - sobre o pai dele - O Marinheiro das Montanhas. Aïnouz, vale lembrar, venceu a mostra Un Certain Regard de 2019 com A Vida Invisível.

O júri oficial deste ano será presidido por Spike Lee. Você pode apostar que o grande cineasta de Faça a Coisa Certa e Infiltrado na Klan terá trabalho. Cannes organizou uma seleção que se antecipa das melhores, com vencedores da Palma de Ouro (Apichatpong Weerasethakul e Nanni Moretti) e ganhadores do Urso de Berlim (Ildikó Enyedi e Nadav Lapid) na disputa.

O festival será inaugurado por Leos Carax, com direito a tapete vermelho para Annette, com Marion Cotillard e Adam Driver. O que não faltam são autores consagrados - Paul Verhoeven, Jacques Audiard, Bruno Dumont, Sean Penn, Mahamat-Saleh Haroun - que vão concorrer com os mais jovens Kirill Serebrennikov e Ryusuke Hamaguchi.

Sean Penn vai competir com Flag Day. Nanni Moretti, com Tre Piani e Kirill Serebrennikov, com Petrov's flu. François Ozon vai levar Tout s'est Bien Passé e Asghar Farhadi, A Heros.

Benedetta, de Paul Verhoeven, o retrato de uma freira homossexual ambientado no século 15 e baseado em fatos reais, e The French Chronicle, de Wes Anderson, filmado no sudoeste da França e estrelado por Bill Murray, Tilda Swinton, Timothée Chalamet e Adrien Brody, já haviam sido anunciados na seleção oficial.

O festival será aberto com Annette, do francês Leos Carax e estrelado por Adam Driver e Marion Cotillard, que interpretam um casal de estrelas glamouroso cuja vida muda com a chegada de sua primeira filha.

A atriz e diretora norte-americana Jodie Foster receberá a Palma de Ouro honorária do Festival de Cannes, 45 anos depois de ser convidada pela primeira vez ao evento como uma das integrantes do elenco de Taxi Driver.

A homenagem, concedida em edições anteriores a artistas como Woody Allen, Clint Eastwood e Jane Fonda, "celebra a trajetória artística brilhante" de Jodie Foster, "de uma personalidade incomum e com um compromisso discreto, mas firme, com os grandes temas de nossa época", segundo o comunicado do festival.

Veja abaixo os filmes que vão competir no Festival de Cannes:


* A Feleségem Története (The Story of My Wife), de Ildikó Enyedi (Hungria)
*Benedetta, de Paul Verhoeven (Holanda)
*Bergman Island, de Mia Hansen-Love (França)
*Drive My Car, de Ryusuke Hamaguchi (Japão)
*Flag Day, de Sena Penn (EUA)
*Ha'berech (Ahed's Knee), de Nadav Lapid (Israel)
*Casablanca Beats, de Nabil Ayouch (Marrocos)
*Hytti Nro 6 (Compartment nº 6), de Juho Kuosmanen (Finlândia)
*The Worst Person in the World, de Joachim Trier (Noruega)
*La Fracture, de Catherine Corsini (França)
*The Restless, de Joachim Lafosse (Bélgica)
*Paris 13th District, de Jacques Audiard (França)
*Lingui, de Mahamat-Saleh Haroun (Chad)
*Memoria, de Apichatpong Weerasethakul (Tailândia)
*Nitram, de Justin Kurzel (Austrália)
*France, de Bruno Dumont (França)
*Petrov's Flu, de Kirill Serebrennikov (Rússia)
*Red Rocket, de Sean Baker (EUA)
*The French Dispatch, de Wes Anderson (EUA)
*Titane, de Julia Ducournau (França)
*Tre Piani, de Nanni Moretti (Itália)
*Tout s'est Bien Passé, de François Ozon (França)
*A Heros, de Asghar Farhadi (Irã)

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM CINEMA

MAIS LIDAS EM CULTURA