Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Stênio Garcia pede socorro após esposa o retirar à força de entrevista; vídeo

A mulher do ator, Marilene Saade, interrompeu a entrevista ao vivo e obrigou Stênio a ir embora

Maiza Santos

A esposa do ator Stênio Garcia, Marilene Saade, foi pivô de uma cena constrangedora durante uma entrevista ao vivo. A mulher interrompeu a transmissão e obrigou o famoso a ir embora do compromisso bruscamente. A situação aconteceu enquanto Stênio era entrevistado na noite da última quarta-feira (12), durante o lançamento de um livro escrito pela atriz Beth Goular.

Nas gravações, é possível ver que o artista conversa normalmente com o repórter, quando é surpreendido pela companheira, que lhe cobre a boca, o nariz e até os olhos com uma máscara.

VEJA MAIS

Mesmo vacinado, Stênio Garcia testa positivo para covid-19, diz esposa
Eles não descartam um falso positivo; o ator já tomou duas doses da Coronavac

Mulher de Stênio Garcia ataca Silvio de Abreu: 'Vai ser destruído por Deus'
Marilene Saade comentou ainda a impossibilidade de retorno de Stênio, de 88 anos, à Globo

Stênio Garcia revela que usava salto no início da carreira para entrar em cena
Ele também falou com humor sobre as fotos íntimas dele e da esposa, Marilene Saade, que vazaram em 2015

O acontecimento polêmico foi exibido no programa "A Tarde É Sua", da apresentadora Sônia Abrão. Stênio, que está com 90 anos, falava sobre o evento, quando Marilene se intrometeu e o tirou à força do local. Sem pedir licença, ela ainda o criticou por ele não estar usando máscara de proteção contra o coronavírus. Conforme Marilene, o famoso poderia pegar covid, o que ela quis evitar, já que até o momento ele ainda não contraiu a doença.

"Não pode pegar coronavírus, você não pegou até agora", disse Marilene. "Socorro", gritou o ator. "Não, desculpa", disse a esposa do ator e o puxou para longe das câmeras. O repórter disse se tratar de "uma situação constrangedora". Confira o momento:

Explicação

Pelas redes sociais, Marilene Saade explicou que tomou a atitude devido estar sob pressão. Ela também destacou que não quer perder mais ninguém para o vírus. “Estou sob pressão, querem o quê? Que eu me mate? Ok, posso não ter sido educada. Mas eu não fui educada para proteger a pessoa que é meu companheiro há 24 anos”, explicou via Instagram.

“Minha mãe já faleceu, meu pai tem 94 anos. Sou eu e ele só. Eu não durmo desde o dia 24 de abril. Eles querem sensacionalismo. Eu não estava maltratando, eu estava tentando colocar a mascara nele. Não vou deixar vocês me massacrarem. Muitos que nos conhecem falam que se o Stênio chegou bem aos 90 anos porque tem alguém cuidando de você. Quem ama cuida", declarou.

Além disso, Marilene afirma que o repórter Marcos Bulques e a equipe da RedeTV! não deixaram Stênio colocar máscara. “O repórter não deixou (o Stênio) colocar a máscara. Se a pressão do Stênio subir demais, ele pode ter um AVC. Errado são vocês da imprensa. Nao deixaram eu colocar a máscara. E o cara lá da imprensa me peitando e ainda teve coragem de me ligar agora. Eu não gritei, eu falei: 'Coloca a máscara'", disse.

 

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Ana Carolina Matos)

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA