Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia prende acusado de aplicar golpe em Juliana Paes, Murilo Rosa e Luís Fabiano

Quadrilha de estelionatários levou R$ 850 mil ao prometer investimento financeiro com rentabilidade de 4% a 8% do valor investido.

O Liberal

O membro de uma quadrilha acusada de cometer crimes de estelionato contra famosos foi preso em uma fazenda no Jacareí, no interior de São Paulo, na última segunda-feira, 13. Entre as vítimas do grupo estão os atores Juliana Paes e Murilo Rosa e o ex-jogador de futebol Luís Fabiano, que juntos perderam R$ 850 mil reais. Os golpes foram aplicados em 2019.

A Polícia Civil não divulgou a identificação do homem que foi detido. Inclusive, a prisão não foi motivada pelo estelionato pelo qual está sendo investigado, mas sim por posse de arma com numeração raspada e munições ilegais. Os objetos foram encontrados em poder dele durante uma operação de busca e apreensão após a denúncia de que ele andava armado e teria ameaçado um vizinho. O suspeito teve o pedido de prisão por estelionato negado pela Justiça.

Estelionato

O Ministério Público informou que os famosos foram convencidos por estelionatários a investir dinheiro em uma empresa que comprava veículos seminovos e revendia para lojistas, prometendo a eles uma rentabilidade de 4% a 8% do valor investido. A quadrilha prometia remunerar os investidores antigos com o dinheiro que obtinham da aplicação de outras pessoas que entravam no esquema. Porém, a compra e revenda de carros usados nunca ocorreu. 

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA