Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cantor Bliton Barão lança primeiro CD com músicas autorais no estilo vaquejada e piseiro

O trabalho pode ser ouvido nas plataformas digitais do artista

O Liberal

O sonho do menino que trabalhava na roça ajudando os pais de família humilde no interior de Pernambuco começa a se torna realidade. Desde criança, Bliton Barão já dava sinais que a música estava no seu destino. E ele nunca desistiu de ir a luta. A primeira conquista chegou agora depois de mais de dez  anos na batalha dos bastidores do mundo artístico, quando ele apresenta ao público o primeiro CD da carreira denominado “Bliton Barão Oficial”. O trabalho pode ser ouvido nas plataformas digitais do artista. O CD é composto por 12 faixas e traz 4 músicas inéditas. Um dos hits é “ Quem procura acha”, que conquistou o público nordestino, com shows feitos pelo cantor antes da pandemia.

Apesar de concentrar a carreira na região Nordeste, Bliton Barão chamou a atenção de um empresário cultural de Capitão Poço, nordeste do Pará, onde ele vai iniciar a agenda de divulgação do novo CD. O disco é resultado da criatividade de jovem cantor, que mesmo diante da pandemia, procurou ocupar o tempo com a composição de músicas, realização de lives e gravação de vídeos para as redes sociais. “ Eu me dediquei inteiramente para o lançamento do CD e espero em breve estar bem pertinho do público fazendo shows por todo país. Ainda tenho muitos sonhos para conquistar como artista”, disse Bliton.

O estilo do cantor é a famosa vaquejada nordestina que faz sucesso pelo interior do Brasil, principalmente nas regiões Norte e Nordeste. O timbre de voz forte é um dos pontos fortes de Bliton Barão, que também gravou no CD algumas músicas de outro estilo que está estourado nas rádios do país, o Piseiro.

O cantor, que nasceu na cidade de Verdejante, em Pernambuco, sente gostou do clima das fazendas e das festas que animavam a região.

“Tenho maior orgulho de manter viva a cultura do vaqueiro, trabalhadores de fundamental importância para todas as fazendas espalhadas pelo Brasil afora”, disse Bliton

Saiba mais sobre o artista

Bliton Barão, tem 29 anos. Ele nasceu na cidade de Verdejante no interior do Pernambuco, onde mora até hoje. Sempre  trabalhou ajudando os pais na fazenda desde os 8 anos de idade. “Eu pegava boi no mato e ajudava a correr o gado para dentro do curral”, disse o cantor.
 O primeiro contato com a música veio através do avô que tocava sanfona e violão. “Foi com ele que dei meus primeiros passos na música. Lembro que naquela época ouvimos muito um cantor famoso na região, o  Vava Machado Marcolino

Aos 16 anos, após participar do show de vaquejada banda do Ceará “Clavesol” ,  Bliton decidiu que queria viver da música. Ele então largou a casa dos pais e foi tentar a sorte na cidade Jardim Ceará, onde ganhava até 50 reais de cachê tocando em bares e casas de show. Passou por diversas bandas , entres elas, a Clavesol e Garota Turbinada. O sucesso veio com a música “Quem Procura Acha” numa parceria feita com o cantor Paulo Sampaio. “ O hit estourou nas rádios e começamos a fazer por vários estados da região Nordeste”, explicou o artista.

Em  2020 ele iniciou a carreira solo, mas logo sem seguida veio da pandemia. Durante esse período, ele fez muitos vídeos e lives nas redes sociais. E foi quando ele aproveitou para produzir o primeiro CD da carreira. Boa parte das músicas são no estilo piseiro. Uma delas  é “ Solta Piseiro” do compositor paraense Vicente Sanfoneiro.

CD “Bliton Barão Oficial”

Disponível nas plataforma Sua Música; ouça.

Acompanhe também o artista pelas redes sociais:

Instagram : @Bliton Barão

Facebook: @Bliton Gomes

Youtube: Bi Vaqueiro

 

Palavras-chave

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA