Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex namorado de Natália, do BBB 22, recebe ameaças após vazar vídeo íntimo; ele nega atitude

O suspeito já teria ameaçado mostrar as imagens há cerca de dois anos

Maiza Santos

O ex namorado de Natália, do BBB 22, nega ter vazado vídeo íntimo com a sister. O homem, de 39 anos, diz não saber sobre a existência da gravação. No entanto, em 2020, ele teria ameaçado fazer a divulgação do conteúdo, quando o relacionamento com a BBB acabou. Ele será intimado pela Polícia Civil para prestar mais esclarecimentos.

Em entrevistas, ele falou que está sendo ameaçado de morte após a notícia do vazamento dos vídeos ser divulgada na Web. Na última terça-feira (19), a família de Natália procurou a justiça quando soube do acontecido.

VEJA MAIS

Natália, do 'BBB 22', tem vídeo íntimo vazado na web; veja o que fazer nessa situação
A equipe da sister se pronunciou sobre o caso e pediu ajuda para identificar quem expôs as imagens

Está formado o primeiro paredão do BBB 22; Luciano, Naiara Azevedo e Natália estão na berlinda
Trio vai disputar a preferência do público. Veja como foi a dinâmica dos votos

No boletim, é citado o nome do homem e o número de telefone dele, que teria sido usado para espalhar o vídeo. Mas o acusado afirma que não é ele: 

"Eu estava com meu filho na Bahia desde o dia 16 de janeiro para que ele disputasse um torneio de futebol. Tomei conhecimento desse vídeo na semana passada, quando mais de 20 pessoas começaram a me mandar, e também chegou em um grupo. Não fui eu quem divulgou essas imagens, nem sabia que essa gravação existia. Também não sou eu quem estou com ela no vídeo", disse o homem.

Versão do acusado 

No registro feito contra o suspeito, diz que ele já teria ameaçado mostrar as imagens de Natalia, há cerca de dois anos. Mas só cumpriu a ameaça depois que ela entrou no BBB 22.

Segundo o acusado, ele namorou com Natália por 11 meses, e o relacionamento chegou ao fim em janeiro de 2020. Ele afirma que teria descoberto traições da sister e, por isso, fez ameaças de divulgar o conteúdo.

"Desde que esse vídeo começou a circular que não tenho mais sossego, a polícia veio na minha casa sábado e levou um notebook, um relógio, uma camisa e uma aparelhagem de pesquisa de audiência de TV que eu já tinha. Cheguei ontem de viagem e não tive coragem de entrar em casa, deixei minha residência em Belo Horizonte e estou em outro lugar. Tenho receio por mim, pelo meu filho de 9 anos e por toda minha família", afirmou.

Ele ainda diz que não foi intimado e espera que a investigação finalize rapidamente para confirmar que é inocente.

"Eu não sei mais o que fazer, não tenho dinheiro para pagar advogado. Estou sem trabalhar por causa disso tudo. Eu não divulguei esse vídeo", declarou.

A investigação

A Polícia Civil informou que o homem será intimado para prestar esclarecimentos logo. Ainda conforme a instituição, um inquérito foi aberto e os fatos estão sendo apurados. Na última semana, a polícia enviou à Justiça um pedido de medida protetiva para Natália.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Palavras-chave

BBB
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA