Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

RODOLFO MARQUES

Rodolfo Silva Marques é professor de Graduação (UNAMA e FEAPA) e de Pós-Graduação Lato Sensu (UNAMA), doutor em Ciência Política (UFRGS), mestre em Ciência Política (UFPA), MBA em Marketing (FGV) e servidor público.

Mortes pela Covid-19 e inflação em alta: crise se agrava no Brasil

Rodolfo Marques

O Brasil atingiu, nessa sexta-feira (08.10.2021), a marca de 600.000 mortes decorrentes da Covid-19, a partir do levantamento feito pelo Consórcio de Veículos de Comunicação junto às Secretarias Estaduais de Saúde. Com pouco mais de 21,5 milhões de casos da doença desde março de 2020, o país tem apresentado uma queda geral nos números da pandemia nas últimas semanas, em especial pelo avanço da vacinação, mas o quadro geral ainda é de preocupação.

O primeiro óbito causado pela Covid-19 no Brasil foi em 12 de março de 2020. Em 8 de agosto do mesmo ano, o país alcançou 100 mil mortes; em 07 de janeiro de 2021, 200 mil óbitos; em 24 de março, 300 mil; em 29 de abril, 400 mil; e, em 19 de junho de 2021, chegou-se à triste marca de 500 mil mortes caudadas pelo novo coronavírus.

A tragédia pandêmica no Brasil foi e é derivada de muitos desacertos na condução do processo por parte do governo federal: o negacionismo do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido-RJ), em relação aos efeitos da pandemia; o desperdício de tempo e de dinheiro com remédios comprovadamente ineficazes, como a hidroxicloroquina; a falta de uma ação coordenada por parte do Ministério da Saúde, que passou também por instabilidades pela troca constante de titulares da pasta; e o atraso na compra de vacinas – processo também enodoado por suspeitas de corrupção.

No âmbito econômico, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que define a inflação oficial do país apresentou alta de 1,16% no mês de setembro de 2021 – havia ficado em 0,87% em agosto. No ano, o Índice acumula uma alta de 6,9% – chegando a 10,25% entre outubro de 2020 e setembro de 2021. Os dados, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), incluíram famílias com rendas de um a 40 salários mínimos, em dez regiões metropolitanas do país e nas cidades de Goiânia-GO, Rio Branco-AC, Campo Grande-MS, São Luís-MA, Brasília-DF e Aracaju-SE.

É importante ressaltar que, contrariando várias declarações presidenciais, a crise econômica foi agravada pela pandemia de Covid-19 – e não pelo isolamento físico para a prevenção da doença. Aliás, o distanciamento social foi essencial para salvar milhares de vidas, conforme indicam os especialistas.

Os resultados mais evidentes da inflação em alta são percebidos na compra de alimentos, do gás de cozinha e nas contas de água e de energia elétrica, entre outros serviços essenciais. Com o custo de vida descontrolado e sem perspectivas de melhorias a curto prazo, o clima de desconfiança vai se ampliando, assim como as insatisfações.

O país vai “navegando” mal em praticamente todos os quesitos e resta à população buscar alternativas para enfrentar a crise e ter a expectativa de dias melhores a médio e longo prazos. Os questionamentos mais efetivos, dentro da esfera pública, também são essenciais dentro do modelo democrático.

E, aos paraenses católicos, aproveito o momento para desejar um Feliz Círio 2021.

Palavras-chave

Rodolfo Marques
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM RODOLFO MARQUES