Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, versa sobre os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Pílulas DIgitais: Neste domingo, Paulo Campos fala sobre os coronalíderes. Confira!

Mais Liberal

Papo Liberal

Quais os próximos desafios do setor de eventos? A Mais Liberal conversou com Alberto Serruya, advogado, administrador e expert na área há mais de 30 anos. Confira a entrevista. 

Alberto Serruya (Reinaldo Silva Jr.)

O setor de eventos foi um dos mais afetados pela pandemia. Quais são as perspectivas para os próximos meses?

Ainda existe uma grande indefinição enquanto a pandemia se encontrar instável. Não foram definidos protocolos definitivos para área de eventos nem mesmo foram liberados nenhum tipo de resolução sobre a realização de eventos e a partir de quando poderemos voltar a realizá-los. Mas a indústria está mobilizada, com absoluta certeza, em voltar o mais breve e sob a máxima segurança possível.

O que já mudou e o que será mantido em eventos e celebrações na fase pós-pandemia?

Muita coisa mudou. Não só na área de eventos, mas na vida de todo mundo... O que estamos fazendo é tomando as providências protocolares de higiene, controle e cuidados neste momento de fases preparatórias de atendimento e planejamento para que tudo ocorra com absoluta segurança. Também estamos planejando as formas de atendimento futuro na área de alimentos e bebidas, bem
como de espaços de decoração, adaptados às exigências de distâncias necessárias entre mesas e tudo mais que tem sido desde já estabelecido. Torcemos para que a vacina chegue o mais breve possível pra que as pessoas possam viver mais tranquilamente o prazer de celebrar a vida e seus grandes momentos.

Você acredita que os eventos seguirão sendo cada vez mais virtuais/digitais?

Eventos não nasceram para ser virtuais/digitais. As pessoas comemoram para estar próximas  dos que amam, para sentir o calor humano, o sorriso, o abraço, as fotos e, assim, registrar para a eternidade. Então, agora, mais do que nunca, há o valor à vida e à celebração. Estar junto de quem se ama será um desejo ainda maior e tenho certeza de que as pessoas vão comemorar e celebrar muito cada momento importante de suas vidas.

Por tradição, somos um povo que gosta de celebrar. Você acredita que seguiremos fazendo grandes festas para registrar momentos importantes?

Sim. Como o povo brasileiro tem a alegria de viver mais forte do que a memória das coisas ruins, logo tudo isto não será mais relevante que a vontade de festejar a vida e os momentos importantes. As nossas grandes festas, por exemplo, estão todas mantidas no calendário, aguardando apenas ajustar as datas a partir de quando poderão ser realizadas.

Que mensagem você deixa para empresários e profissionais do setor?

Sabemos que o momento está difícil pra todo mundo. Mas a hora é de foco e mãos dadas. Assim, todos podemos e devemos caminhar na mesma direção. Juntos somos mais fortes. Não deixaremos ninguém cair, pois estaremos ao lado pra apoiar.

Nova gestão

O Clube de Engenharia tem um novo presidente: André Martha Tavares. Entre os principais compromissos assumidos por ele estão realizar palestras e workshops para associados; discutir parcerias entre a entidade e o Estado, que possibilitem a avaliação de obras públicas; abrir espaço de fala com prefeituras sobre urbanismo e coleta de lixo e trazer para mais perto do clube as empresas privadas do setor.

Paulo Storino, presidente eleito da AP, com a esposa Mônica Storino (Acervo AP)

Nova gestão II

A chapa APerfeiçoar, comandada por Paulo Storino e Oscar Pessoa, foi a vencedora da primeira eleição virtual da Assembléia Paraense, realizada no último dia 22. Presidente e vice-presidente, respectivamente, vão comandar o clube pelos próximos três anos.

Confiança na Marca 2020

É o nome do novo recorte da pesquisa anual Trust Barometer, da agência global de Relações Públicas Edelman. O estudo mapeia os atributos determinantes para a confiança dos consumidores nas marcas no contexto atual. Cerca de 96% dos ouvidos afirmam esperar que marcas se unam a governos e associações para solucionar a crise causada pela pandemia.

Confiança na Marca 2020 II

Em paralelo, 93% têm expectativa que as marcas protejam o bem-estar e a segurança financeira de seus colaboradores e fornecedores, mesmo que isso signifique sofrer grandes perdas financeiras até que a pandemia termine. A sondagem foi feita de forma online, de 27 de maio a 5 de junho, com 22 mil entrevistados em 11 países, sendo 2 mil no Brasil.

Economia aquecida

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, Marabá teve aumento expressivo no número de novas empresas no primeiro semestre deste ano. Até junho, a Secretaria Municipal de Mineração, Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia registrou a abertura de 409 novos negócios. Neste total não estão incluídos os MEIs, que são contabilizados a parte. Se o ritmo se mantiver, o índice deve superar os resultados de 2019.

Tudo pronto

A unidade do Castilla Idiomas da Almirante Barroso já está preparada para continuar com a sua operação. Equipe vestindo face shields e totens de álcool em gel são alguns dos cuidados para garantir a saúde e a segurança de profissionais e alunos. A escola já está com matrículas abertas, para crianças e adultos, em cursos de inglês, espanhol, alemão, francês e italiano. Mais informações no perfil @castilla.almiranteb no Instagram.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!