Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Papo Liberal com Marcio Gomes, Globo é a mais confiável e Classificados Solidário

Em Pílulas Digitais com Paulo Campos: a importância de delegar

Mais Liberal

Papo Liberal

Márcio Gomes (Divulgação)

A Mais Liberal conversou com o jornalista Marcio Gomes, que aceitou o desafio de apresentar o programa 'Combate ao Coronavírus', lançado há quatro semanas, nas manhãs da Globo, e que tem sido muito bem-avaliado. Márcio está na emissora desde 1995 e já foi correspondente na Ásia entre 2013 e 2018.

Qual o papel da imprensa em períodos críticos como esse da pandemia do novo coronavírus?
Neste momento, informação é segurança. Quem recebe informação correta, de fontes confiáveis, sabe como agir, entende o que estamos enfrentando, sabe o tamanho do problema e começa a pensar em maneiras de ficar mais seguro, de se proteger.

Como foi colocar no ar um programa específico sobre a pandemia, em tempo recorde?
Fui chamado para apresentar o programa no domingo e, na terça-feira, já estávamos no ar. Foi um tremendo trabalho de equipe, reunindo nomes de outros programas para formar nosso time. Nosso objetivo continua o mesmo: tirar as dúvidas das pessoas - diretamente, respondendo aos e-mails, ou pelas reportagens que fazemos com temas importantes sobre a doença.

Você esperava que fosse ter sucesso de audiência e repercussão tão grandes?
Sei que, nos momentos de crise, quando algo grande está ocorrendo, as pessoas procuram as fontes confiáveis de informação. Isso sempre acontece. Desta vez, não seria diferente. Nosso público sabe que pode confiar no Jornalismo sério e dedicado exclusivamente a levar a melhor informação. Estamos vivendo a notícia mais importante de nossa geração. É desafiador. E um orgulho muito grande receber tantas mensagens carinhosas, de agradecimento, pelo que fazemos.

Como você avalia a experiência de ter sido correspondente internacional, sobretudo em um lugar tão diferente como o Japão?
Ser um correspondente internacional transforma você, como jornalista e como pessoa. O desafio de levar as notícias de um continente como a Ásia é enorme - muitas viagens, culturas e comportamentos bem diferentes. Mas é maravilhoso. Sendo no Japão, então, nem se fala. Um país que tem muito a nos ensinar.

Você já passou por alguma experiência parecida com esta de Covid-19?
Passei por alguns problemas quando fui correspondente, em viagens do papa ao Sri Lanka ou quando cobria os estragos do maior tufão já registrado no planeta, nas Filipinas. Mas nada se compara a isso que estamos vendo. O mundo só fala disso e a gente não sabe quando vai passar. Duvido que alguém tenha vivido qualquer situação como essa.

Como você acha que será o mundo depois de tudo isso?
Certamente, muito diferente. Difícil dizer se vai afetar nossas relações pessoais, comportamento, nosso modo de viver. Mas, certamente, vamos valorizar mais a Ciência e a solidariedade entre as pessoas. Esses dois pontos vão nos ajudar a enfrentar tudo isso agora, passar por esse momento muito turbulento. A Ciência na busca por uma cura e a solidariedade nos unindo, ajudando quem mais precisa.

Que mensagem você deixa para os paraenses neste momento?
Estamos passando por um momento muito difícil, mas podemos nos proteger. Evitando aglomerações, lavando bem as mãos, ficando em casa para reduzir a velocidade de expansão da doença. Vamos nos manter firmes, com um espírito de união e força. E os paraenses podem ter certeza que estaremos sempre prontos para levar a melhor informação. Até que a gente possa dizer "passou".

Reputação criativa

Essa é uma das características mais relevantes de uma agência de publicidade na opinião de 90 executivos de Marketing brasileiros ouvidos em uma pesquisa inédita realizada pelo Meio & Mensagem. A sondagem, feita em março deste ano, também revelou que esse ativo só perde em importância para o planejamento estratégico.

Elas fazem a diferença

Dados oficiais mostram que Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega, Nova Zelândia e Taiwan apresentam os melhores resultados na luta contra o novo coronavírus, com números bem menores de casos positivos e baixa taxa de letalidade. O que essas nações têm em comum? São comandadas por mulheres e agiram rápido no sentido de conter a pandemia.

Credibilidade

A Globo (aqui, TV Liberal) é o veículo mais confiável em relação às informações sobre o novo coronavírus. É o que aponta uma pesquisa nacional feita pelo instituto QualiBest. De acordo com os números, 19% da população cita a Globo como o canal mais crível para se informar sobre a Covid-19. Em segundo lugar, vem sites de órgãos governamentais como o Ministério da Saúde e a OMS, com 10%.

Apoio ao audiovisual

A Netflix e o Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros vão ajudar até 5 mil trabalhadores e freelancers que atuam no segmento e foram impactados com a interrupção de produções no Brasil, em decorrência da Covid-19. Para isso, foi criado um fundo emergencial, com doação de R$ 5 milhões da Netflix, que será gerenciado pelo ICAB, para disponibilizar o benefício no valor de R$ 1.045 aos profissionais.

Apoio ao audiovisual II

Produtores, assistentes, coordenadores, técnicos e operadores de diferentes departamentos de produção, como câmera, áudio, arte, maquiagem, figurino, cenografia, logística, entre outros, que recebam por semana ou trabalham sem contratos garantidos, serão elegíveis ao fundo emergencial. As inscrições começam no próximo dia 28, por meio de um formulário on-line disponível em icabrasil.org. As análises serão feitas por um comitê com membros do ICAB, da Bravi e da Netflix, para determinar quem pode receber os recursos.

Classificados Solidário

(Divulgação)

Instituições, organizações ou mesmo grupos de pessoas que estejam realizando ações solidárias, como arrecadação de alimentos e materiais de higiene e limpeza, passam a contar com uma seção especial para divulgação em oliberal.com, na área do projeto Encontros Liberal. Basta enviar as informações com os contatos para encontros@grupoliberal.com.

Pílulas Digitais

Paulo Campos fala sobre a importância de o líder desenvolver pessoas para poder delegar. Ter menos controle para que o seu tempo seja mais estratégico.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!