Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Papo Liberal com Bárbara Lucena, anúncios no Twitter e Guia do Eleitor

Mais Liberal

Papo Liberal

Bárbara Lucena (Arquivo Pessoal)

A Mais Liberal conversou com Bárbara Lucena. Empresária do setor pet, que tem crescido dois dígitos ao ano no Brasil, ela fala sobre os avanços deste mercado e perspectivas para o futuro. 

O Brasil se tornou o segundo maior mercado pet no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Como você avalia o aumento das demandas no segmento no último ano, em especial em nosso país?
A mudança de visão dessa nova geração de tutores, onde classificam seus pets como membros da família, torna-se automaticamente parte da lista de prioridades no quesito saúde e bem-estar. Por isso, a demanda de serviços e produtos que oferecem esses benefícios é cada vez mais recorrente. Juntamente com isso, a exigência desses tutores também cresce.

Como está o mercado em Belém? Há espaço para novos investimentos no segmento?
O mercado pet existe para todos. Belém também faz parte desse grande campo de crescimento, onde é possível encontrar e investir em diversos modelos de negócio dentro desse mercado.

Diversos empreendimentos vêm "abrindo as portas" para os pets na capital paraense. Essa é uma tendência que deve permanecer?
Com certeza! Essa prática sendo trabalhada juntamente com uma boa estrutura e orientação é sucesso! Pets sendo considerados membros da família e a possibilidade do tutor tornar seu pet mais presente no dia a dia fazem com que esse vínculo se fortaleça cada vez mais.

Então, é fato que houve uma mudança comportamental onde os pets passaram a se tornar membros da família, e não apenas um bichinho de estimação?
Sim!! Sem sombra de dúvidas! Diferente de tempos atrás, os pets estão se tornando cada vez mais vinculados à sua família, são como filhos.

Como surgiu o Clube da Matilha?
A partir de uma necessidade pessoal de oferecer qualidade de vida para os nossos cães em um local confiável. Precisávamos de um lugar onde o Buddy, nosso cão, pudesse passar o dia para gastar sua energia de forma adequada ou, até mesmo, conseguisse hospedar em caso de viagem que não fosse possível levá-lo. Ao nos depararmos com a dificuldade de encontrar um espaço ideal, fomos amadurecendo a ideia de iniciar nesse ramo com um modelo de negócio promissor, diferente e de maneira profissional, que envolve capacitações e metodologia diferenciadas com o que há de mais atual no mercado.

Por que é tão importante oferecer bem-estar aos animais?
Assim como nós, os pets também podem vir a desenvolver estresse, problemas de socialização, articulares, obesidade e comportamentais, ansiedade, entre outros. Com isso, tutores que se preocupam com a qualidade de vida do seu cão têm intenção de proporcionar atividades que ajudarão em possíveis questões de saúde e comportamentais.

NOTAS

Agora, também em carrossel
Nesta semana, o Twitter lançou globalmente um novo formato de anúncios: duas a seis imagens ou vídeos visualizados com apenas um deslizar horizontal no dispositivo. Segundo a rede social, o recurso foi criado para ajudar os anunciantes a conquistar melhores desempenhos em campanhas e fornecer uma experiência mais imersiva e interativa para os consumidores.

Eleições 2020
O Grupo Liberal desenvolveu um Guia Digital com conteúdo útil e interativo para o eleitor. Disponível em OLiberal.com, traz informações sobre o papel do prefeito, vice-prefeito e vereadores; como checar o local de votação e baixar a versão digital do título eleitoral; o que é ou não permitido no dia de votação e os canais para denunciar crimes eleitorais. Acesse aqui oliberal.com/eleicoes/guia-do-eleitor.

100 Open Startups 2020

(Divulgação)

A startup paraense Desenvolve foi a única da região Norte a receber o Prêmio TOP 10 Ranking GovTech 2020. O anúncio foi feito na última quarta-feira, 11, durante o Whow! Festival Nacional de Inovação, este ano em formato 100% on-line. Foram avaliados mais de 13 mil empreendimentos pela plataforma 100 Open Startups, que premia modelos de negócios que se destacaram em open innovation em 2020.

Terrartesã
É o nome da plataforma que tem como objetivo valorizar talentos do artesanato e impulsionar a comercialização de produtos feitos por pequenos e médios artesãos. O projeto, sem fins lucrativos, foi idealizado pelo Grupo Mulheres do Brasil e reúne curadoria com peças que imprimem modernidade, qualidade e estilo. Para o lançamento, estão disponíveis as produções de rendeiras da Federação de Cooperativas, Associações do Ceará (Fecarce) e também fruto da profissionalização de internas e internos do sistema prisional. Conheça mais em terrartesa.com.br.

Belém mais iluminada
O consórcio Luz Belém II será o novo responsável pelos investimentos no parque de iluminação pública na capital paraense, após vencer leilão em São Paulo, com contrato válido por 13 anos. O projeto prevê a manutenção de 90 mil pontos com a modernização e instalação de lâmpadas de Led e deve injetar cerca de R$ 161 milhões em melhorias do sistema. Participaram do leilão oito concorrentes.

Perspectivas e Fortalecimento do Ramo Transporte
Este é o tema do seminário on-line que será realizado na próxima terça-feira, 17, pelo Sistema OCB. O evento tem como objetivo discutir os cenários econômico e financeiro das cooperativas de transporte da região Norte e alinhar medidas para o fortalecimento do setor no pós-pandemia. Será às 16h pela plataforma Zoom, com inscrições gratuitas em twixar.me/nkbm.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS LIBERAL