Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Eu Recomendo com Ernâni Guilhon, artes da campanha #Fiqueemcasa e movimento #NãoDemita ganha força

Mais Liberal

Eu Recomendo

Ernâni Guilhon (Arquivo pessoal)

Nome: Ernâni Guilhon
Idade: 57 anos
Ocupação: Engenheiro Civil
Recomendo: O filme "A Lavanderia", do diretor Steven Sodenberg, estrelado por Maryl Streep e Antonio Banderas.

Por que você indica este filme?
Porque mostra como algumas empresas conseguem burlar negócios dos seus clientes por meio dos chamados "paraísos fiscais", da zona do Caribe. Uma aula para todo mundo ficar bem esperto com seus investimentos.

Como tem sido sua rotina neste período de isolamento social?
É uma mudança muito grande para quem começa o dia às 7 horas da manhã, acompanhando as obras da construtora. Mas, por outro lado, tem sido muito bom assistir a tantos filmes e, sobretudo, ficar com a família, acompanhar o crescimento do primeiro neto, mesmo que não tão próximo.

Que mensagem você deixa para quem está em casa?
Mesmo quebrando o intenso ritmo habitual, ficar em casa é fundamental. Confesso que estou contando os dias para voltarmos ao normal, mas, enquanto isso, é ficar em casa, trabalhar home office, curtir a família, ler um bom livro e assistir a bons filmes.

#Fiqueemcasa

#Fiqueemcasa

O ilustrador paraense Felipe Moia transformou o apelo em arte. Ele criou uma série de ilustrações de casas, inspirada na arquitetura da nossa capital. Há os casarões da Cidade Velha e, até mesmo, palafitas como forma de representar todas as regiões ribeirinhas do estado, entre elas a Ilha do Combu. O objetivo foi valorizar os lares e incentivar que as pessoas permaneçam em casa como medida de proteção frente à pandemia do coronavírus.

Missão Covid

É o nome de uma plataforma que conecta médicos que oferecem atendimento gratuito a pessoas sem convênio de saúde e que apresentam sintomas de Covid-19: tosse, febre, falta de ar, dor de garganta... Basta se cadastrar, também de graça, e aguardar o contato de um profissional para uma videoconsulta. O endereço do site é missaocovid.com.br

Precisamos de ajuda

A Associação dos Promotores de Eventos do Setor de Entretenimento e Afins do Rio de Janeiro (Apresenta Rio) enviou às autoridades uma Carta-Manifesto, endossada por mais de 20 entidades. No documento, destaca-se que essa indústria representa 13% do PIB nacional. Somados os setores de cultura, esportes, entretenimento, negócios e turismo, os eventos movimentam, anualmente, R$ 936 bilhões na economia brasileira. Geram cerca de 25 milhões de empregos diretos e indiretos. Por outro lado, o setor foi um dos primeiros impactados pelas medidas restritivas e, por isso, busca suporte do poder público.

Precisamos de ajuda II

As demandas incluem acesso a linhas de créditos específicas, diferimento de tributos e prorrogação dos prazos de pagamentos de impostos até 2021, com parcelamento do saldo acumulado em 24 vezes após a crise. Outra solicitação é o fechamento de um compromisso formal e moral dos governos quanto ao apoio e à retomada do setor com patrocínios e programas de fomentos e incentivos fiscais.

Estão abertos

Conforme determinado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os cartórios são considerados serviços essenciais e estão em funcionamento, seguindo todas as precauções devidas orientadas pela Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde. Alguns estabelecimentos adotaram horários reduzidos, mas é possível realizar todos os serviços oferecidos.

#NãoDemita

Um grupo formado por 41 empresas, entre elas Alpargatas, C&A, Grupo Boticário, BRF, Itaú, Santander e XP Investimentos, assinou um manifesto no qual convocam outras companhias a manterem os empregos. O movimento #NãoDemita pede que todas que tenham força de caixa suficiente evitem demissões em massa por conta da crise do coronavírus por dois meses. A medida extrema seria tomada somente em casos que envolvam justa causa, mal desempenho ou turnover normal de cada empresa.

#NãoDemita II

O manifesto do grupo afirma que a responsabilidade social de uma companhia é retribuir à sociedade o que ela proporciona, começando pelas pessoas que dedicam sua vida ao sucesso de um negócio. E a maior responsabilidade das empresas, neste momento, seria manter o quadro de funcionários, ação descrita como "tempos extraordinários que exigem medidas extraordinárias".

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!