Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Eu Recomendo com Carla Viana e um 'spoiler' sobre a cobertura do Círio pelo Grupo Liberal

Mais Liberal

EU RECOMENDO

Nome: Carla Vianna
Idade: 50 anos 
Ocupação: jornalista, escritora e Imortal da Academia Bragantina de Letras
Recomendo: o livro "A peste", de Albert Camus

Carla Viana (Acervo Pessoal)

 

Por que você indica?
A saga trata de uma pequena cidade que fica isolada com a chegada da peste. O médico do lugarejo, Dr. Bernardo Rieux, sofria porque sua mulher tinha partido, doente, para uma estação da montanha. Foi, então, que iniciou o “crime e castigo” da cidade. Primeiramente, milhares de ratos começam a surgir nas ruas ensanguentados. Em seguida, são as pessoas que caem doentes. A obra de Camus traz um testemunho essencial que retrata o que estamos vivendo hoje. É impossível não relacionar com a pandemia de covid-19. Outro ponto importante da leitura é quando mostra em seus personagens a moralidade e a fraqueza desta. Há trechos inesquecíveis em toda a obra. Quando Dr. Rieux perde um grande amigo, Camus escreve: “Não há armistício para pai que enterra o filho e amigo que enterra o amigo”. É impreterível ao leitor.

O livro "A peste", de Albert Camus (Reprodução)

Como tem sido sua rotina com todas as mudanças causadas pela pandemia?
No primeiro momento, como para a grande maioria das pessoas, foi uma rotina de reclusão. Agora, aos poucos, começamos a "dar os primeiros passos", dentro de uma certa normalidade. Aproveitei o período para colocar a leitura em dia, se é que podemos fazer isso, já que é impossível ler tanta coisa boa que se tem na humanidade. Contudo, acredito que tudo que aconteceu despertou mudanças, nos tornando mais humanos e pensando mais no outro. Ao usar a máscara, além de nos proteger, também estamos pensando em proteger outras pessoas. 

Que mensagem você deixa para os nossos leitores?
Compartilho a máxima de um grande escritor, Hermann Hasse: “Ler um livro é para um bom leitor o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo”. A pandemia ainda não acabou, precisamos continuar com os protocolos de segurança e aproveitar o tempo livre para ler e estar com pessoas que amamos.

NOTAS: 

Círio 2020
O Liberal, Amazônia, OLiberal.com e Liberal Rádios farão uma cobertura integrada, ao vivo e interativa das celebrações oficiais do Círio neste fim de semana. No domingo, a transmissão começa às 6h30, tendo como base os estúdios da rádio, que estará em rede para mais de 80 municípios paraenses, e da Redação Integrada do Grupo Liberal. Contará com a participação de convidados regionais e nacionais via videoconferência.

Círio 2020 II
Os jornais O Liberal e Amazônia mantêm a tradição com as capas da edição unificada especial deste fim de semana dedicadas à Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Já OLiberal.com terá uma cobertura minuto a minuto e seguirá agrupando o seu conteúdo multimídia do Círio, com galerias de imagens, vídeos, podcasts e websérie, em uma área exclusiva: oliberal.com/cirio. Os perfis nas redes sociais também terão lives e conteúdo colaborativo.

Círio 2020 III
Além da transmissão da Missa direto da Catedral Metropolitana, a TV Liberal exibirá o “Círio em Casa”. O programa vai contar a relação do povo com a Virgem de Nazaré e fatos marcantes ao longo das coberturas da emissora em seus 44 anos de existência. Seis equipes de reportagens estarão nas ruas para fazer entradas ao vivo.

Maré Lunissolar: É o nome da obra protagonizada pela paraense Samily Silva, que foi selecionada, dentre 14 outras, para a GIRA - Mostra Nave Gris de Videodança, realizada a partir desta quinta, 8, até o dia 13, na Oficina Cultural Oswald De Andrade, em São Paulo, e exibida via Google Meet. A apresentação da artista, que é especialista em dança popular paraense e cultura afro-amazônica, foi gravada entre rios, em Belém. Mais informações sobre as exibições no site navegris.com.br (Divulgação)


166 anos da Beneficente Portuguesa

Nesta quinta, 8, a entidade completa aniversário de atividades no Pará com bons motivos para celebrar: investimentos de R$ 5,3 milhões no Hospital D. Luiz I, do ano passado até o primeiro semestre deste ano, e de R$ 84 milhões no futuro Hospital São João de Deus. Ambos em infraestrutura e equipamentos. Para marcar a data, a Beneficente receberá a bênção da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré com a celebração de uma missa no complexo hospitalar, que está sob a gestão de Alírio Gonçalves.

Meu smartphone, minha vida
A SimpleTexting, empresa norte-americana de serviços de mensagens, perguntou para mil pessoas o que elas sacrificariam para manter seus smartphones. Entre os respondentes da Geração Z, aqueles nascidos entre 1996 e 2010, 56% disseram preferir abrir mão de relações sexuais por um mês do que do celular. Já entre os Millennials, quem nasceu entre 1981 e 1996, 44% afirmaram que se separariam de seus entes queridos por 30 dias, mas não do aparelho. A média se manteve parecida com relação ao sexo, com 47% preferindo desistir disso em vez do smartphone.  

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!