Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Eu Curto com Aline Serra, doações à Fundação Pestalozzi do Pará e Apoie um Restaurante

Mais Liberal

Eu Recomendo

Aline Serra (Arquivo pessoal)

Nome: Aline Serra
Idade: 26
Ocupação: Atriz, cantora e dançarina
Recomendo: Atividade física! Vamos mexer o corpo.

Por quê?
Além de manter o corpo saudável, exercícios físicos ajudam na redução de ansiedade e estresse, que estão em alta com a atual situação. É difícil ficar “parado em casa” e, além disso, tem muitas outras preocupações causadas pela pandemia.

Como tem sido sua rotina neste período de isolamento social?
Tenho tentado manter a rotina o mais próximo possível dos dias comuns. Faço exercícios físicos (muitas aulas via live nas redes sociais), estudo meu repertório, principalmente de canto, para manter a voz saudável. Nos horários onde estaria ensaiando ou apresentando espetáculo, estou tentando me dedicar a um instrumento musical e assistindo a umas séries que não conseguia ver por falta de tempo.

Que mensagem você deixa para quem está em casa?
Este é um momento para pensar o quanto as atitudes de uma única pessoa podem fazer diferença no mundo todo! Se pudermos agir com bondade, essa bondade também pode atingir o mundo inteiro de alguma forma. Vamos aproveitar para cuidar uns dos outros, tentar fortalecer os laços em família e valorizar coisas que realmente importam. Vamos elevar nossos pensamentos, nossa energia e enviar boas vibrações para todos os doentes e profissionais da saúde.

Agora, em português

Desde a última segunda-feira, 6, o robô que a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou para dar instruções confiáveis sobre o novo coronavírus pelo WhatsApp passou a “falar” o nosso idioma. Para conversar com o bot da conta comercial da OMS, basta adicionar o número +41 22 501-7735. Na sequência, mande um "oi" para o perfil, que apresentará um cardápio de opções com números atualizados de casos confirmados, dicas de proteção, perguntas e respostas, orientações para viagens e outras informações.

Segurança reforçada

Nas primeiras posições entre os apps mais baixados nas lojas virtuais de todo o mundo, o Zoom, que permite realizar teleconferências em áudio e vídeo, viu seu número de usuários crescer 2000% em menos de três meses. Com o grande sucesso, vieram também os ciberataques. Entre eles, o chamado “Zoombombing”, no qual hackers invadem as reuniões virtuais para exibir conteúdos impróprios. Por conta disso, o aplicativo vem atualizando as suas configurações de segurança. Desde o último domingo, 5, os usuários dos planos Free Basico e Single Pro precisam, obrigatoriamente, utilizar uma senha para participar de reuniões. Nós últimos dias, autoridades de Nova York, epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos, proibiram o uso do Zoom para ensino remoto nas escolas justamente em função das falhas de segurança.

Ação Contra a Fome

(Divulgação)

A TV Liberal, em parceria com a Fundação Pestalozzi do Pará, lançou, na última segunda, 06, uma corrente de esperança que conta com a nossa solidariedade para distribuir cestas básicas a diversas famílias de Belém e região. A campanha tem a participação de vários artistas e jogadores como Joelma, Lucinnha Bastos, Pinduca, Paulo Henrique Ganso, Eduardo Ramos, Nicolas e Afonso Cappelo. Para se unir a essa rede de solidariedade, basta doar cestas básicas na Fundação Pestalozzi, na Av. Almirante Barroso, 3814. Não pode levar? Entre em contato nos telefones (91) 98159-1444 ou 3085-3263 que os voluntários retiram as cestas no seu local. O andamento da ação pode ser acompanhado ao longo da programação, nos telejornais e nas redes sociais da emissora.

Solidariedade

Para minimizar as consequências socioeconômicas da pandemia de coronavírus entre as famílias mais pobres do Pará, o Centro Alternativo de Cultura (CAC) articulou uma Rede de Solidariedade e Resistência para arrecadação de donativos materiais e financeiros. A Rede é formada por organizações da sociedade civil e instituições religiosas de diversas frentes de trabalho e está mobilizada com vários pontos estratégicos de coleta de alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza.

Solidariedade II

As doações também podem ser feitas em recursos financeiros via transferência e depósito bancário. Os valores serão usados para a aquisição de cestas básicas. O projeto busca ainda manter as famílias carentes informadas sobre as previsões das políticas de assistência social, como o processo da concessão do auxílio emergencial da renda básica, e sobre cuidados com a saúde. As doações podem ser entregues na sede em Belém da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na Tv. Barão do Triunfo, 3151, ou no Instituto Dom Bosco, na Tv. Benjamim Constant, 634. Mais informações pelo (91) 98203-0443.

Apoie um restaurante

É o nome do movimento criado por uma cerveja de marca internacional e parceiros para ajudar restaurantes brasileiros que tiveram de interromper suas atividades total ou parcialmente.

Funciona assim: cada CPF pode comprar um voucher que vale R$ 100, com 50% de desconto, para ser usado quando o estabelecimento reabrir. A validade é até 31/12/2020. No Pará, há opções em Belém, Ananindeua, Benevides, Bragança, Marabá, Parauapebas e Tucuruí. Mais detalhes no site apoieumrestaurante.com.br.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!