Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, versa sobre os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Decoração e acabamentos no Pará, livre comércio em Barcarena e startup paraense no Inovabra Habitat

Mais Liberal

Papo Liberal

Pepeu Garcia (Divulgação)

A Mais Liberal bateu um papo com Pepeu Garcia, economista e presidente do GPD - Grupo Paraense de Decoração. Confira:

Como você avalia o crescimento do mercado de decoração e acabamentos no Pará? Quais as expectativas para 2020?

O mercado paraense tem um diferencial em relação a muitas outras regiões do país, pois temos um público muito antenado com o que existe de mais atual no mundo do design. Soma-se a isso o privilégio que temos no que concerne a profissionais dos segmentos da Arquitetura e do Design, uma vez que teriam sucesso em qualquer lugar do mundo pelo nível de atuação que um bom número deles alcançou.

Há quanto tempo o GPD existe?Quais marcas/lojas fazem parte?

Neste formato, existe há sete anos. É a representação de nossas lojas SCA, Spazio Del Bagno, Saccaro, +Design e Portobello. A criação do GPD foi uma ideia de buscar a melhor forma de reconhecer o excelente trabalho dos grandes profissionais do segmento em nosso estado. O Grupo se consolidou rapidamente, pois representa a solidez de nossas lojas que lideram seus respectivos nichos de mercado.

Com todas as dificuldades para empreender no País, o que você acredita ser essencial para manter a longevidade dos negócios?

O Brasil realmente é desafiador. Mas acreditamos que ter bom planejamento, muito pé no chão e muita seriedade no que faz tornam as coisas mais fáceis. A longevidade, com liderança no segmento, como a Spazio Del Bagno, que vai fazer 33 anos de serviços prestados sob a liderança da Telma,  minha esposa, e é referência no Brasil. E também temos a SCA com 13 anos sob nosso comando e é uma marca que já tem 53 anos. Tudo é resultado de uma gama de serviços diferenciados que oferecemos. E isso é possível porque, em nossas lojas, contamos com as melhores equipes de trabalho de Belém.

Um dos diferenciais do GPD é a premiação anual para reconhecer o trabalho de profissionais do segmento. Como surgiu essa ideia?

O Troféu GPD se tornou um reconhecimento aos grandes profissionais do setor. Hoje, quando você vê um arquiteto, um designer que possui um troféu desse, pode contratá-lo imediatamente, pois passou por um filtro de nossas equipes e, principalmente, pelo reconhecimento de seus clientes, que é o fator preponderante de escolha na premiação. Um profissional GPD Black é aquele que já tem ou está pronto para isso: projetos em várias localidades, inclusive exterior. E é interessante salientar que em nossas campanhas temos espaço inclusive para reconhecer os novos talentos, aqueles jovens profissionais que estão chegando ao mercado.

Há quanto tempo a premiação é realizada? Quais novidades para esse ano?

A campanha do GPD existe há sege anos. Tem sido a maior campanha de reconhecimento ao trabalho desses valorosos profissionais no Pará. Temos pontuado em torno de 400 profissionais e conseguimos entregar o reconhecimento a uma centena deles. Isso nos torna uma das maiores campanhas de relacionamento do Brasil. E ainda o mais interessante da campanha do GPD é que se soma às campanhas da Saccaro (Relazione Arquitetura) e da Portobello (Portobello +Arquitetura). Nós somos o único grupo do Pará que oferece todas essas oportunidades de reconhecimento ao trabalho dos profissionais da Arquitetura, Engenharia e Decoração.

Livre Comércio

Lutfala Bitar e diretores da Codec com os secretários estaduais René Sousa e Iran Lima (Divulgação)

Nesta semana, Lutfala Bitar, presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) e a equipe de diretores da entidade reuniram com os secretários estaduais René Sousa, da Fazenda, e Iran Lima, de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia. Em pauta, o andamento da implantação da Zona de Processamento de Exportações do Estado (ZPE), em Barcarena. A área especial será de livre comércio com o exterior, na qual as empresas poderão contar com acesso a tratamentos tributários, cambiais e administrativos diferenciados para incrementar o volume de exportações a partir do porto de Vila do Conde.

Made in Pará

Youssef Hassan, Herson Leite e Ramon Veloso, fundadores da Super Startup (Divulgação)

Após o sucesso com o Super, app que permite fazer compras em supermercados pelo celular, a startup paraense que desenvolveu o aplicativo foi convidada pelo Bradesco a se unir a um time de 190 empresas do gênero em São Paulo. Será a primeira startup do Norte do Brasil a fazer parte do Inovabra Habitat, um dos maiores espaços de coinovação e tecnologia da América Latina.

Incentivo à Pesquisa

Belém será sede do 1º Encontro Paraense de Pesquisadores do Cooperativismo. O evento busca dar visibilidade à produção científica voltada ao segmento cooperativista no estado, sendo uma iniciativa do Sistema OCB/PA com correalização da Ufra e apoio da UFPA, IFPA, Unama e Universidade de Alicante, da Espanha. Será realizado no dia 2 de abril, durante a 2ª Feira de Negócios do Cooperativismo, na Estação das Docas.

Pílulas Digitais

Na Mais Liberal deste domingo, Francy Rodrigues fala sobre as vantagens de postar vídeos no IGTV. Confira!

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM COLUNAS E BLOGS