Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Cursos de capacitação on-line estão no 'Eu Recomendo' desta quinta-feira

Mais Liberal

Carlos Correia Santos (Arquivo Pessoal)

Nome: Carlos Correia Santos
Idade: 45 anos
Ocupação: artista, psicopedagogo, musicoterapeuta e especialista em inclusão 
Recomendo: cursos de capacitação on-line

Por que você indica?
A necessidade de isolamento social trazida pela pandemia impôs mudanças significativas em nossas rotinas, horários, grades de atividades. Ao ter que ficar em casa, reorganizamos nossas jornadas, em especial as de trabalho. E isso acabou trazendo faixas horárias ociosas para quase todo mundo. A dica é usar esse tempo com atividades que, justamente, nos ajudem a potencializar nossos currículos. O mundo pós-pandemia será - na verdade já se tornou - muito mais exigente com relação aos postos de trabalho. Hoje, existem muitas opções confiáveis, sérias e sólidas de formação em EAD. Eu mesmo estou fazendo duas novas pós-graduações nesse sistema e tem sido uma experiência imensamente enriquecedora. Estou me capacitando em Transtornos Globais do Desenvolvimento e também me capacitando em Neuropsicologia. O tempo é um somatória de momentos que precisam estar a nosso favor. Transformar o tempo em estratégia de crescimento sempre será um caminho interessante.

Como tem sido sua rotina com todas as mudanças causadas pela pandemia?
Inicialmente, foi um choque. Bastante pesado mesmo. Sou terapeuta e as pessoas costumam achar, e mesmo cobrar, que, para nós, os impactos emocionais sejam diferenciados. Somos seres humanos, antes de tudo. E é, aliás, pelo nosso contato maior e constante com os sofrimentos emocionais, nisso incluídos os nossos, que conseguimos focar em caminhos de auxílio. Passada essa dor inicial que a pandemia trouxe, criei redes de apoio no WhatsApp. De março a agosto - fase mais aguda da pandemia - coordenei esses grupos virtuais para cinco cidades. Foi pesado, mas na medida em que eu me senti útil ajudando o outro, eu estava também me ajudando. Para além disso, apostei em autocapacitação, como mencionei acima, e me dediquei a reestruturar minha dinâmica de trabalho. Estou há seis meses isolado, sem sair de casa, porque convivo com minha mãe e ela é do grupo de risco. Mas, consegui voltar a trabalhar. Hoje, ministro capacitações em Inclusão para duas cidades e faço atendimentos terapêuticos on-line

Que mensagem você deixa para nossos leitores?
É preciso aproveitar esse momento de adoecimento planetário para nos curarmos de muitas questões nossas, pessoais. Não sei dizer se vamos ser seres humanos melhores depois de tudo isso. Eu só espero que possamos ser seres humanos, pelo menos, um pouquinho mais atentos. Mais atentos às dores de quem nos cerca, aos riscos que nossas condutas trazem ao planeta. Esse processo todo não pode ser algo que passe sem deixar o mínimo de reestruturações positivas na humanidade.

A Dra. Geisa Cecim, especialista em implantes odontológicos, participou do curso de credenciamento em cirurgia guiada específico de implantes. O estudo foi ministrado pelo Dr. Arnaldo Gonçalves para um seleto grupo de 12 profissionais, em Belém (Arquivo Pessoal)

 

Pioneirismo
No próximo dia 25, o Pará ganha a primeira rede móvel 5G privativa em ambiente universitário no Brasil. Será no Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, ligado à Universidade Federal do Pará. Desenvolvida por pesquisadores do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, Automação e Eletrônica (Lasse) da UFPA, a rede é resultado do projeto Celcom, do Governo do Estado. Vai operar com base em software open-source e em hardware de baixo-custo.

Fez a diferença
Entre os varejistas brasileiros que vêm conseguindo enfrentar a crise imposta pela pandemia do novo coronavírus, há uma estratégia em comum: o uso do WhatsApp para alcançar o consumidor que está isolado para se proteger da covid-19. O aplicativo de mensagens tem auxiliado comerciantes de todos os portes, segundo executivos que participaram do Global Retail Show, congresso promovido esta semana pela consultoria de varejo Gouvêa.

Fez a diferença II
O WhatsApp é o maior facilitador do chamado conversational commerce, o comércio eletrônico que demanda conversa. Em um dos painéis do evento, a diretora de negócios do Facebook, empresa proprietária do app de mensagens, destacou que a possibilidade se comunicar por áudio também ajuda a explicar o sucesso do aplicativo no varejo do país, já que o brasileiro é o maior usuário mundial do recurso.

Solidariedade
Por conta da pandemia, a Associação de Distribuidores e Atacadistas do Estado do Pará (Adapa) optou pelo adiamento do 17º Pará Vendas, maior evento de vendas da região Norte, para 18 de agosto de 2021. Porém, manteve a Caravana Solidária, que tem como tema “Ação urgente na pandemia” e arrecadou quase 26 toneladas de alimentos não-perecíveis para ajudar 16 comunidades e entidades carentes. O evento já tem a presença confirmada de Leandro Karnal.

70 anos de TV brasileira
Para marcar as sete décadas da chegada da televisão ao país, celebradas exatamente nesta sexta, 18, a Globo (aqui, TV Liberal) preparou um ‘Globo Repórter’ especial. Será o primeiro inédito do ano e terá o retorno de Glória Maria. O programa vai destacar curiosidades, histórias, fatos e personagens mais marcantes ao longo do tempo, lançando também um olhar para a televisão do futuro.

Trote Solidário
Este ano, a Estácio no Pará organizou a entrega de alimentos doados durante a sua campanha nacional para ONGs e instituições sociais. Por aqui, foram beneficiados o Projeto Força e Fé, que apoia moradores de rua, em Castanhal; Lar Cordeirinho de Deus, em Belém; e Mover – Casa Lar para crianças, em Ananindeua.

O cirurgião-dentista Felipe Bulcão comemora, durante este mês, os sete anos da Brazilian Dental Group. A clínica celebra a data com o crescimento de suas duas unidades, localizadas em Icoaraci e no Tenoné, em Belém (Divulgação)
Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!