Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Coluna estreia nova seção com histórias de sucesso de micro e grandes negócios

Mais Liberal
Rita Silveira (Arquivo Pessoal)

Aprender & Empreender

Tem novidade na Mais Liberal: às terças e quintas, uma seção que vai contar a trajetória de empresários, do micro ao grande negócio, que chegaram lá e, hoje, mantêm a economia pulsando. O espaço é também destinado a inspirar pessoas que querem abrir um negócio em 2021, por meio do compartilhamento de dicas, experiências e ideias. 

Nome: Rita Silveira  
Idade: 45 anos
Negócio: Estação Cosméticos
Segmento: Beleza
Tempo de atuação: 30 anos

Quais foram os maiores desafios ao iniciar seu negócio?
Todo novo negócio traz grandes desafios que começam, muitas vezes, na burocracia e falta de incentivo financeiro. Iniciamos a Estação com pouco dinheiro, muita coragem e uma dose certa de ousadia.

Quais os principais acertos?
Considero que nosso principal acerto sempre foi investir em pessoas, profissionais qualificados, que possam alavancar os negócios. Criamos boas relações com os nossos parceiros e, com isso, foi possível construir a empresa.

E os erros?
Não vejo como erros. Tivemos algumas experiências difíceis, mas todas nos ajudaram a construir uma história sólida em nossa empresa.

Que dica você deixa para quem deseja empreender?
Acredite em seu sonho, tenha fé e, mesmo quando as dificuldades vierem, enfrente-as. Será difícil, mas a persistência é que trará o sucesso.

Quer contar a sua história pra gente? Entre em contato pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.  

Notas:

Patrimônio preservado

Reinaugurado e aberto à visitação o Palacete Bolonha, um dos grandes símbolos da Belle Époque em Belém. Construído em 1905, durante o Ciclo da Borracha, o prédio, localizado no bairro de Nazaré, foi totalmente revitalizado, após 20 anos sem reformas. As originalidades da obra, que carrega vários estilos arquitetônicos da época, podem ser conferidas em paredes, teto, piso e parte elétrica, que foram mantidos. As visitas devem ser agendadas pelos telefones (91) 3230-3536 ou (91) 3230-3159 ou pessoalmente na recepção do palacete. (Fernando Sette / Agência Belém)

 

 

 

 

Vendas omnichannel e social commerce
O consumo via apps e plataformas sociais seguirá em alta em 2021. Mas as lojas físicas também terão demanda, já que muitos brasileiros ainda não têm acesso à boa conexão de internet. É o que revela o estudo realizado pela Criteo, que destacou ainda que um expressivo percentual dos entrevistados (56%) comprou em canais de e-commerce pela primeira vez durante o período mais árduo da pandemia, no primeiro semestre de 2020.

Empatia e objetividade
De acordo com o mesmo estudo, o consumidor passa, em média, até quatro semanas decidindo sobre a marca certa para suas necessidades. Cerca de 73% dos brasileiros ouvidos afirmaram que estão dispostos a considerar uma marca totalmente nova nesse processo. As empresas também devem estar extremamente cientes do tom de suas mensagens, já que a comunicação em tempos difíceis exige ainda mais responsabilidade.

Cultura
O Shopping Bosque Grão-Pará conta agora com um teatro para incentivar as produções cênicas regionais e nacionais. Já a partir de janeiro, o espaço poderá receber espetáculos infantis e para o público adulto. Mais informações em bilheteriadigital.com ou no perfil do empreendimento no Instagram: @teatrobosquegraopara.

Oldiversity
É o nome do estudo realizado pelo Grupo Croma, consultoria especializada em design de inovação, que apresenta como a longevidade e a diversidade impactam a relação do público com as marcas e as jornadas de compra e consumo. Cerca de 71% dos entrevistados disseram que os homens ganham mais do que as mulheres. Já 64% acreditam que as empresas têm preconceito em contratar PCDs. Para 78%, as companhias evitam selecionar pessoas mais velhas. E 23% reconhecem que já tiveram alguma atitude racista.

Oldiversity II
O estudo também elabora um ranking das dez marcas mais lembradas nos dois quesitos. Nele, o segmento de beleza e higiene pessoal está na dianteira (47%), sendo seguido por moda (9%), entretenimento e redes sociais (9%) e alimentos e bebidas (7%). Em relação a companhias, Natura (24%), O Boticário (16%), C&A (5%), Globo (4%) e Coca Cola (2%) ocupam as cinco primeiras posições.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS LIBERAL