Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Aprender & Empreender com Manuela Rendeiro e a tecnologia para remoção de tatuagens

Mais Liberal
Manuela Rendeiro (Arquivo Pessoal)

Aprender & Empreender

Nome: Manuela Rendeiro
Idade: 32 anos  
Negócio: Sunshine Atelier e Sunshine Bordados
Segmento: produtos personalizados
Tempo de atuação: 13 anos

Quais foram os maiores desafios ao iniciar seu negócio?
Criar um mercado para um produto novo, que não tinha público/procura na época. Não existia uma fórmula pronta, iniciei do zero. E mais desafiador ainda: 100% via internet. Não havia os espaços físicos que tenho hoje. E sabemos que, há 13 anos, as pessoas não estavam acostumadas com as compras on-line. Acredito que esse foi meu maior desafio.

Quais os acertos?
Primar pelos detalhes e qualidade dos produtos. Outro acerto também foi em 2020, no meio de uma pandemia, quando todos precisaram se reinventar, resolvi diversificar o empreendimento. Criei outra empresa, com uma nova marca, em um segmento próximo (bordado), aproveitando o meu conhecimento já na área com os produtos personalizados, que no início eram terceirizados os bordados. Na nova empresa, além de suprir uma demanda já existente para mim, incluí novos produtos como sublimação em camisas, canecas etc.

E os erros?
Não ter me dedicado 100% ao projeto no início. Por medo de não acertar, eu tinha atividades paralelas. Com isso, acredito que demorei um pouco mais pra fazer o negócio “andar”.

Que dica você deixa para quem deseja empreender?
Empreender é uma palavra bonita, mas não é nada fácil. Desafios vão existir todos os dias. Não deixe que eles te façam desistir. Se jogue 100% de cabeça no seu projeto e principalmente: acredite que vai dar certo!

NOTAS:

A dermatologista Juliana Martins e sua equipe, Dr. Othelo Amaral e enfermeira Elaine Silva, participaram do curso e treinamento do laser de pico e nanossegundos Fotona Starwalker, em São Paulo. O equipamento é o primeiro no Pará, entre 40 espalhados pelo Brasil, e o laser mais rápido do mundo para remoção de pigmentos. Promete revolucionar o tratamento de manchas e melasma e remoção de tatuagens. (Arquivo Pessoal)

Moradia
O Fundo de Assistência Social da Polícia Militar do Pará criou e planejou a construção de unidades habitacionais para policiais militares no estado. Sob a liderança do coronel PM Moises Costa, o projeto será operacionalizado em três bairros da Região Metropolitana de Belém. Em Santarém, também serão construídas 272 residências em um conjunto que se chamará Boulevard Tapajós. Tudo realizado com recursos da contribuição dos próprios associados do FASCESO.

Marketing de Influência
Relatório da FleishmanHillard projeta as tendências para 2021. Além de orçamentos maiores para a área, destaca que o conteúdo patrocinado não espanta seguidores nem diminui o engajamento. Sendo assim, o público continuará confiando neste formato, que deve, sim, ser considerado pelas marcas.

No topo
O Pará ocupa o primeiro lugar no ranking das exportações minerais do Brasil em 2020. Os dados foram divulgados este mês pelo Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral). Segundo o boletim, dos US$ 20,536 bilhões em exportações totais do estado no ano passado, as Indústrias de Mineração e Transformação Mineral responderam por 90%. Juntas, exportaram US$ 18,562 bilhões, 15% a mais do que em 2019, fazendo do setor mineral o grande vetor de crescimento do comércio exterior paraense.

Conectividade
A REDES, da Fiepa, vai lançar, na primeira quinzena de março, um aplicativo para smartphones. Com a nova plataforma tecnológica, a iniciativa deve aproximar ainda mais empresas que pretendem fazer parte do nicho de fornecedores paraenses para grandes indústrias.

RappiBank
É o nome do banco digital recém-lançado pelo Rappi. O primeiro produto da nova unidade de negócio é uma linha de crédito de capital de giro voltada aos parceiros do aplicativo. O empréstimo, chamado de RappiCapital, vai de R$ 10 mil a R$ 500 mil com taxa de juros a partir de 1,7% ao mês e prazo de pagamento até 24 meses. O programa é dirigido a todos os tipos de estabelecimentos, incluindo restaurantes, farmácias, lojas e supermercados.

RappiBank II
Segundo o presidente do RappiBank no Brasil, há ainda dois lançamentos programados para o primeiro trimestre deste ano: a chegada do cartão de crédito e uma solução de antecipação de recebíveis direcionada para pessoas jurídicas.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS LIBERAL