Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Aprender & Empreender com Bianca Sales e o projeto continue vendendo do Grupo Liberal

Mais Liberal
Bianca Fernandes de Sales (Arquivo Pessoal)

Aprender & Empreender 

Nome: Bianca Fernandes de Sales
Idade: 30 anos
Nome do negócio: Ateliê Bia Biscoitos Decorados
Segmento: Alimentício
Tempo de atuação: Fundada em 2015, retomada em 2020.

Quais foram os maiores desafios ao iniciar seu negócio?

O negócio começou meio “sem querer”. Sempre amei cozinhar e confeitar. Mas depois do nascimento do meu primeiro filho, ao pesquisar receitas na internet, comecei a fazer biscoitos e, para torná-los mais atrativos e divertidos, passei a decorá-los. Em festas íntimas, usava para decorar e meus familiares e amigos adoraram e incentivaram a comercialização. Fazia devagar, enquanto conciliava com a maternidade em tempo integral desde 2015. Porém, em 2018, engravidei novamente e parei tudo. Em 2020, com as crianças um pouco maiores, consegui retomar e, então, veio a pandemia. As encomendas estavam fracas, mas, com as pessoas em casa, buscando novidades, começamos a ter muitos pedidos para a Páscoa.  

Quais os acertos?

Sempre entendi que quem não é visto, não é lembrado. Participei de pequenas feiras logo no começo e, com a retomada, em 2020, firmei parcerias incríveis com pessoas que alavancaram de vez nosso ateliê, como a participação no casamento de Gretchen e Esdras, parceria com digitais influencers da nossa região e indicação dos nossos próprios clientes, satisfeitos com nossos produtos. Além disso, sempre gostei de oferecer algo diferenciado. Foi aí que surgiu a nossa linha empresarial. Criei um protótipo para uma grande empresa de materiais de construção e, desde então, a linha virou nosso carro-chefe, sendo responsável por pelo menos 80% do nosso faturamento.

E os erros?

Não chamaria de erros, mas de desafios. Sem dúvidas, o maior foi conciliar trabalho com a maternidade. Abri mão de muitas coisas, noites em claro, vendo o sol nascer. Quando pensava em descansar, já era hora da empreendedora dar lugar à mãe e começar tudo de novo. Foi bem cansativo, mas estava focada e precisava sentir essa segurança como mulher e trabalhadora que sempre fui. As crianças sempre foram o maior motivo de força.

Que dica você deixa para quem deseja empreender?

Encontre algo que você ame fazer. Entenda que, muitas vezes, você vai precisar se privar de momentos importantes ou do próprio sono. Mas, se você tiver o motivo certo pelo qual continuar, não vai parar até conseguir. Não use a régua do outro para medir o seu sucesso. Entenda as suas forças e também as suas limitações. Assim, você conseguirá ver seu processo de evolução e ficará orgulhoso a cada conquista!

Quantas vezes ouvi que uma pessoa queria ser empreendedora para não ter chefe e horário fixo. Quem pensa dessa forma está totalmente equivocado. Quando você é dono do negócio, você precisa se dedicar muito mais. O trabalho é maior, mas também é muito prazeroso decidir sobre o destino de seu próprio negócio. Por esse motivo, procure fazer o que gosta, o que tem intimidade e te dá  prazer em executar, por que maior parte do seu tempo vai ser dedicado a isso. Algo que fez a diferença pra mim, foi um exercício bem simples, que tinha a ver com entender as coisas que me fazem feliz, as liberdades das quais não quero abrir mão e minha definição de sucesso. Tudo isso pra compreender as motivações por trás do que estou fazendo, com base não na coisa em si, mas no sentimento que ela me proporciona. E ter fé, vontade, e amar muito o que se faz!

NOTAS: 

Sabor que vem de dentro

Ovo de colher (Divulgação)

Continue Vendendo

É o nome do projeto do Grupo Liberal, lançado nesta quinta, 1º, para ajudar a divulgar produtos e serviços de pequenos comerciantes locais, muito afetados pela pandemia. Serão doados R$ 500 mil em espaços publicitários em O LIBERAL, Amazônia e OLiberal.com. Na primeira fase, será realizado o cadastro dos microempreendedores interessados em oliberal.com.br/continuevendendo.

Oficinas

Abertas as inscrições, até 4 de abril, para duas oficinas na área de audiovisual. A primeira vai abordar fundamentos e técnicas de animação e será ministrada por Otoniel Oliveira, nos dias 15, 16 e 17 de abril; a segunda tratará sobre os primeiros passos para a escritura de um roteiro, comandada por Lúcia Tupiassú e Camila Kzan, nos dias 19, 21 e 23 de abril. As capacitações, on-line e gratuitas, são direcionadas para jovens estudantes, a partir de 14 anos. As atividades fazem parte da premiação do projeto Fruti-Feras, contemplado pelo Edital de Audiovisual da Lei Aldir Blanc Pará e contarão com tradução simultânea em Libras e certificado. Inscrições nos links: bit.ly/oficinaroteiro2021 e bit.ly/oficinaanimacao2021.

Feriado de Páscoa

A estimativa da Infraero, para os 32 aeroportos que fazem parte da rede com voos comerciais, é receber 309.002 passageiros entre os próximos dias 1º e 5. O número é 1.021% maior em relação ao movimento no mesmo período do ano passado. Em Belém, são esperados 181 voos, com trânsito de 22.786 pessoas, o que representa crescimento em 723% no número de aeronaves e 899% em passageiros comparado ao feriado de 2020.

Saúde

A cirurgia robótica, lançada nos anos 2000, vem crescendo cada vez mais no Brasil, que conta com 75 equipamentos em todas as cinco regiões. O país já ocupa a nona posição de maior capacidade instalada do mundo. Apesar de ter um custo de instalação alto - cerca de R$ 16 milhões -, o investimento compensa, principalmente nas cirurgias de câncer de próstata.

E-commerce 

As vendas aumentaram 41% no Brasil em 2020, segundo a 43ª edição do relatório Webshoppers, divulgado pela Ebit em parceria com a Nielsen. O crescimento é o maior registrado desde 2007, sendo motivado, principalmente, pelo impulso ao comportamento digital dado pela pandemia. As transações representam cerca de R$ 87,4 bilhões, tendo a maior parte sido realizada pelo celular.

Estímulo à economia

O programa de proteção de manutenção e renda (BEM) deverá ser renovado nas próximas semanas. Segundo Bruno Bianco, secretário especial de Previdência e Trabalho, custará cerca de R$ 10 bilhões aos cofres públicos. A expectativa é que a nova rodada de acordos para redução de jornada e salário e/ou suspensão de contratos atinja 4 milhões de trabalhadores.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS LIBERAL