Mais Liberal

Sob coordenação do Departamento de Marketing do Grupo Liberal, aborda os temas relacionados à economia, negócios, tecnologia, comportamento e áreas afins. Publicação aos domingos, terças e quintas. A coluna recebe sugestões pelo e-mail maisliberal@oliberal.com.br.

Aprender & Empreender com Antonio Rosa Moita e as novas regras para uso de máscaras em voos

Mais Liberal
Antonio Rosa Moita (Arquivo Pessoal)

Aprender & Empreender

Nome: Antonio Rosa Moita

Idade: 54 anos 
Nome do negócio: Elevadores Ok
Segmento: manutenção de elevadores e escadas rolantes 
Tempo de atuação: 15 anos 

Quais foram os maiores desafios ao iniciar seu negócio?
Empreender não é uma tarefa fácil, ao contrário, é necessário que se tenha claro que os desafios são contínuos. Sendo assim, o primeiro deles é se manter firme diante daquilo que queremos conquistar. No início, o medo de fracassar está sempre próximo em cada atividade que desenvolvemos, pois existem muitas variáveis, como encontrar as pessoas certas para cada função, recursos financeiros escassos, mercado competitivo, a necessidade de estar sempre inovando, fora a carga tributária que enfrentamos no Brasil, entre outros.  

Quais os acertos?
Desde o início, nossa melhor decisão foi adotar a estratégia da diferenciação. Como estamos disputando com gigantes, com estruturas maiores de capital, tecnologia e gente, precisávamos encontrar uma linha de trabalho capaz de entregar algo diferente. Então, traçamos um modelo de negócio para garantir entregas com segurança, agilidade e qualidade, o que se tornou nossa filosofia. Assim, trabalhamos para cumprir rigorosamente aquilo que prometemos, sempre com foco em fortalecer nosso relacionamento com nossos clientes.  

E os erros?
Como toda empresa que começa pequena, ao longo do tempo sempre precisamos passar por mudanças. Com um maior número de clientes para atender, mais pessoas para gerenciar e processos mais sofisticados, precisamos ajustar toda essa estrutura, sem perder nossa essência, pois já existe uma cultura estabelecida, o que não é fácil. Atualmente, para mitigar essas limitações, estamos fazendo um investimento maciço em novas tecnologias e melhoria de nossa gestão. Aderimos aos Programas do Procem e PDE, ambos operacionalizados pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o que tem nos ajudado nessa mudança de patamar.  

Que dica você deixa para quem deseja empreender?
É necessário verificar se sua “grande ideia” resolverá a dor de alguém. Esse é o cerne de todo o empreendimento bem-sucedido. Caso contrário, existe um grande risco de fracassar, pois precisa se sustentar nas demandas reprimidas do mercado. O empreendedor tem de ter consciência que, além do capital, precisa encontrar as pessoas certas. Sem um time alinhado e comprometido, nada funcionará. É determinante que o empreendedor seja um estudioso para tomar decisões mais acertadas. E, por fim, será necessário muito planejamento, controle, disciplina, dedicação e resiliência para superar todos os desafios que virão ao longo do caminho.

NOTAS: 

Encontro

Representantes da União dos Coordenadores de Bike do Pará e do Observatório Nacional de Segurança Viária - ONSV realizaram reunião, na loja Amazônia Bike, em Belém, sede da Federação Paraense de Ciclismo. Na pauta, temas sobre o ciclismo para amadores, competidores e trabalhadores que utilizam a bicicleta como veículo de locomoção. Entre as iniciativas acertadas, a produção de uma Carta de Intenção para ser encaminhada aos órgãos públicos, ciclistas e sociedade civil.

Tassya Brasil, Edilson Ribeiro, Manoel Pinheiro, Adônis Santana e Arnaldo Villar. (Divulgação)

 


Gestão na Mão
O Sindicato dos Médicos do Pará lançará em breve, para seus associados, um novo sistema de gestão de informações, totalmente digital e on-line. A partir do smartphone, o profissional poderá requisitar boletos, atualizar cadastro, verificar sua situação sindical e baixar arquivos de interesse. Para quem ainda não faz parte da entidade, a ferramenta permite fazer todo o processo de associação em alguns minutos.

Tendência
O que empresas como Azul Linhas Aéreas, Sanofi Pasteur, Natura Musical, Heineken e Tetra Pak têm em comum? Todas investiram, nos últimos meses, na criação de podcasts próprios. Segundo o ranking Podcasts Stats Soundbite, o Brasil é o segundo país que mais consome este tipo de mídia, ficando atrás somente dos Estados Unidos.

Novas regras
A partir de 1º de março, a Latam proibirá a bordo de seus voos passageiros usando alguns tipos de máscaras. Entre eles, com respiradores ou válvulas; protetores bucais; lenços, echarpes e bandanas de pano. Segundo a companhia, o motivo é a baixa eficiência desses modelos, que não preservam a segurança de clientes nem de tripulantes.

Recorde e otimismo
Apenas nos primeiros 45 dias de 2021, 13 empresas fizeram sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de São Paulo. Somando essas operações às emissões de ações de empresas já listadas, o volume chega a R$ 33 bilhões. O valor supera em mais de cinco vezes o total levantado no primeiro bimestre de 2007, último “boom" de IPOs.

Liberal Mobiliza
O Grupo Liberal deu início à quarta fase de seu projeto cross media e cross content que visa dialogar aspectos socioambientais que impactam toda a sociedade. Neste trimestre, a temática será carbono neutro. Entre os formatos de conteúdo, reportagens, artigos, enquetes, vídeos, podcasts e programetes em O Liberal, Amazônia, OLiberal.com e Liberal FM. A iniciativa conta com apoio da Guamá Tratamento de Resíduos e da Vale.

Mais Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS LIBERAL