Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Remo teve 26 atletas em campo durante os amistosos deste ano

Qual é a sensação de ter o time renovado, bicolores?

Carlos Ferreira

Nos três amistosos, 26 atletas no Leão 

Vinícius, Thiago,  Evandro, Geovane,  Djalma, Jansen, Fredson, Mimica, Keven, Ronael, Thiago Félix, Robson, Elton, Dedeco, Vacaria, Diogo Sodré, Wallacer, Samuel, Laílson, Etcheverria, Gustavo Ramos, Henrique,  Alex Sandro, Mário Sérgio, Emerson Carioca, David Batista. Todos esses 26 atletas foram observados nos três amistosos do Leão Azul, sempre nas funções do 4-2-3-1, o que prova a confiança no projeto tático.

O Remo cumpriu todas as etapas fundamentais de uma pré-temporada. Óbvio que o time vai começar rendendo abaixo do potencial, sobretudo pela reforma 70%, mas em condições de desenvolver celeremente. No amistoso em Santa Izabel, domingo, o Leão já deu sinais da sua identidade tática. 

 

Bicolores, qual é a sensação? 

Qual seria a sensação dos bicolores neste começo de ano com o time tão profundamente reformado? Por enquanto, apreensão. Mas o torcedor só quer um motivo para se empolgar. Amanhã será o dia da primeira impressão. Afinal, o time já vai entrar em campo com dez estreantes. 

O fato de o Papão ter um novo time, com apenas três semanas de trabalho, deve sugerir ao São Francisco marcar em bloco e jogar nos erros dos bicolores. Deve ser um jogo de muitas nuances. A certeza é que o Papão vai precisar se impor na raça. O próprio técnico João Brigatti já deu esse aviso, prevendo grandes dificuldades pelo estágio inicial de construção do time alviceleste. 

 

BAIXINHAS 

* Desde a saída de Pikachu para o Vasco, no final de 2015, a lateral direita do Paysandu foi de 14 jogadores em 191 jogos. Nove especialistas: Christian, Roniery, Edson Ratinho, Ayrton, Hayner, Lucas Taylor, Maicon Silva, Matheus Silva e Jonathan. Improvisados, também atuaram na posição: Jhonnatan, Ilaílson, Dominguez, Nando Carandina e William. 

* Agora o candidato a sucessor de Pikachu é o paulista Bruno Oliveira, 26 anos, fruto do Palmeiras, que estreia amanhã. Antes de chegar ao Papão, Bruno foi cedido pelo Palmeiras ao Oeste, Vila Nova, Bragantino/SP, Penapolense e Nacional/SP. Gols ele só fez dois, pelo Bragantino, em 2017. 

* O Remo trouxe Geovane, destaque do Globo/RN, mas quem está conquistando a lateral direita é o barcarenense Djalma, que está em franca ascensão nos treinos amistosos. Djalma, 29 anos, vem se destacando tanto na lateral como no trio de meias, sempre fiel às funções táticas. 

* Papão jogará amanhã sob uma constatação preocupante. Em três jogos no campeonato, nenhum mandante conseguiu vencer. Bragantino e Castanhal perderam e o São Raimundo empatou. O Remo, que também seria mandante na rodada, teve o jogo adiado.

* lngressos para Payssndu x São Francisco: arquibancada a 30 e cadeiras a 50 reais. 

Carlos Ferreira