Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Paulo Ricardo, um fruto da Libertadores no Papão

Carlos Ferreira

A visibilidade do Paysandu na Copa Libertadores de 2003, com brilhante campanha, despertou a atenção de um jovem carioca que sonhava ser goleiro profissional. Paulo Ricardo, então com 16 anos, botou a mochila nas costas e viajou rumo a Belém, na aventura de fazer testes no Papão.

Paulo Ricardo chegou e logo emplacou. Cumpriu etapas na base e no profissional, teve uma exitosa saída para o Bragantino em 2018, voltou para ser terceiro goleiro, este ano virou segundo e agora está agarrando a chance de ser titular. Enfim, Paulo Ricardo é fruto precioso da Libertadores na Curuzu.

Qual deve ser a atitude do Leão amanhã?

"Saco de pancadas" nesta Série C, o Imperatriz não deixa de causar apreensão aos azulinos, pela imensa importância que o jogo ganhou. Então, que atitude deve ter o Leão?

Em geral, Paulo Bonamigo não abre mão do jogo pensado, com comedimento. Esse, porém, sugere arrojo, imposição na intensidade, busca incessante do gol, para não dar moral ao adversário. Assim, ou de qualquer outra forma, o Leão é favoritíssimo e tem todas as obrigações de imperar em campo  faturar os três pontos. Por enquanto, o Remo é exceção: único que ainda não venceu o Imperatriz.

BAIXINHAS

* Com dois cartões amarelos, pendurados, seis no Leão e cinco no Papão. Os azulinos são Fredson, Jansen, Marlon, Lucas, Gelson e Wállace. Os bicolores: Nicolas, Perema, Serginho, Wellington Reis e Wesley Matos.

* Quando o mar não está pra peixeiro, a maré não ajuda. O atacante Vitor Feijão, que estava nos planos para estrear no jogo de Campina Grande, ficou em Belém com Covid 19. Em compensação, Uchôa, curado, volta ao time.

* Salatiel entra na lista dos que o Remo contratou nos últimos quatro anos por sucesso feito no Sampaio Corrêa. A lista tem Isac, Esquerdinha, Mimica, Fredson, Felipe Marques, Everton Castro, Pimentinha, Edgar.

* Pouco antes (2013) o técnico Flávio Araújo e sua comissão. Muito antes, em 2000, foi a vez de Paulo Bonamigo, que virou ídolo dos azulinos e voltou 20 anos depois.

* Marcos Nogueira, fera do Papão nos anos 80, estará com outros ex-bicolores da época em Igarapé Açu no domingo. Jogo às 10 horas no campo do Ypiranga, contra masteres da cidade.

* Coluna dedicada ao aniversariante rei Pelé, 80 anos. Em dois jogos em Belém, sete gols. Foram cinco no Remo em 1965, na goleada do Santos por 9 x 4, e dois no Paysandu em 1968, nal vitória santista por 3 x 1. Pelé esteve por último em Belém em junho de 2010, para inauguração de uma academia de musculação.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA