Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

ferreiraliberal@yahoo.com.br

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Jacuipense e Paysandu bem armados de artilharia

Carlos Ferreira

Em 13 jogos, o Paysandu fez 17 gols e tomou 14. O Jacuipense fez 15 e tomou 17. Como indicam os números, dois times de boa artilharia, mas nada consistentes no sistema defensivo. Neste domingo se enfrentam com igual necessidade de vitória, até porque são concorrentes diretos na disputa da quarta vaga do Grupo A1 para a segunda fase.

O Papão joga mais pressionado, por ser time de massa e por perturbações internas no clube. Os atletas vão ter que superar os seus diversas obstáculos e a força do time baiano pelos três pontos. Pelo menos, João Brigatti tem todos os titulares à disposição, inclusive Vinícius Leite que fará o jogo das despedidas, já contratado pelo Avaí.

O que Remo e Treze planejam para o confronto?

O Remo é assumidamente um time que ataca muito pelos lados. O Treze tem na velocidade do atacante Danilo Bala a figura dos contra-ataques, a ser explorada nas costas dos laterais azulinos.

Apesar de o Treze estar com o ânimo elevado pela vitória sobre o Ferroviário (1 x 0) em Fortaleza, o Leão Azul é claramente mais time e tem autoridade para se impor. Afinal, uma vitória põe o time paraense a um passo da classificação. Uma grande virtude do time azulino é a força defensiva, embora a defesa tenha feito o seu pior jogo no campeonato justamente contra o Treze, em Campina Grande. Naquele jogo, Rafael Jansen fez um gol contra e Frontini fez um gol acidental. Noite infeliz que agora serve de alerta aos remistas, para não se repetir.

BAIXINHAS

* Charles, 25 anos, e Lucas Siqueira, 32, formam uma consistente dupla de volantes que vem se repetindo no time do Remo. Os dois cariocas estão com ótimo desempenho nas funções defensivas e se aproximando da área do adversário, mas ainda pecam muito no serviço de passe, na construção de jogadas.

* Seis titulares do Papão já entram em campo, hoje, pendurados nos cartões amarelos: Nicolas, Perema, Bruno Collaço, Micael, Uilliam Barros e Wellington Reis. Também os reservas Alex Maranhão,  Serginho e Wesley Matos. Grande risco de desfalque para o jogo seguinte, contra o Imperatriz.  No Leão, pendurados o jogo contra o Treze: Fredson, Lucas Siqueira, Gelson, Tcharlles e Wállace. 

* Bragantino x Ji Paraná, hoje, em Bragança, pela Série D. O Tubarão defende a liderança do grupo movido por sede de revanche, já que tomou 4 x 0 em Rondônia. Canga voltando ao time após suspensão. O atacante cearense é o artilheiro do Braga e vice da Série D com seis gols.

* Segundinha paraense, que começa amanhã, vai ser semiolímpica. O regulamento impõe o máximo de cinco atletas com idade acima de 23 anos, por jogo, em cada equipe, excetuando-se os goleiros. 20 times vão disputar duas vagas no Parazão 2021.

* Tuna, dez vezes campeã estadual e duas vezes campeã nacional, encara o seu sétimo campeonato consecutivo na 2a divisão paraense. Vai estrear neste domingo contra o União Paraense, de Marituba. O São Raimundo, primeiro campeão brasileiro da Série D, é outro "ilustre" na Segundinha, junto com o seu grande rival São Francisco. 

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA