Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pet Liberal

Por Rogério Politi

Coluna assinada por Rogério Politi, formado em 1988 pela Universidade Estadual Paulista ( UNESP- Botucatu). Sócio fundador da Clínica Veterinária São Francisco de Assis desde 1989. Analista de Crédito Rural no Banco da Amazônia durante 12 anos. Médico veterinário da Sesma, por 12 anos na área de vigilância sanitária e zoonoses.

Dicas sobre gravidez, mordidas na cauda e comedores de grama

Pet Liberal

SINAIS DE GRAVIDEZ

* As futuras mamães geralmente apresentam mudanças de personalidade. Algumas tornam-se mais afeiçoadas às suas famílias humanas, seguindo-os por todos os lugares, pedindo colo, etc. Ao mesmo tempo, podem tornar-se mais ranzinzas com outros animais, quase avisando "não mexa comigo".

* Assim como nas grávidas humanas, longas sonecas também são outra indicação de que alguma coisa está acontecendo.

* A mudança de alguns hábitos alimentares também é outro sinal importante, já que o corpo pede mais nutrição enquanto os embriões estão em fase de desenvolvimento e assim, normalmente, o apetite aumenta.

* Quando o útero começa a se distender, algumas cadelas enjoam e se afastam da comida por alguns dias. Nem todas as cadelas sofrem de "enjoo matinal", mas algumas apresentam em torno da quarta ou quinta semana alguns vômitos.

* É a partir desta período (quarta/quinta semana) que a gravidez fica mais visível em muitas cadelas, mas em raças peludas ou em cadelas muito musculosas estes sinais ainda não de difícil identificação, mas vendo-a "de cima" ou mesmo deitada de lado, a barriga não aparece mais "côncava".

* No entanto, o mais óbvio sinal é uma mudança nos mamilos da cachorra: eles crescem de tamanho e normalmente escurecem, o leite, no entanto, só aparece nos últimos dias da gravidez. As cadelas que ficam grávidas pela primeira vez normalmente só produzem leite próximo da hora do parto.

MORDER A CAUDA 

Um cão que morde a própria cauda pode estar com algo que a faça coçar, como micoses, picadas de pulgas, inflamação da glândula anal ou mesmo uma cicatrização na cauda. No entanto, a causa pode ser de origem neurológica ou psicológica, como tédio por confinamento, rejeição, falta de carinho ou de exercícios. Procure seu veterinário, para um diagnóstico completo.

GATOS: COMEDORES DE GRAMA

Todo mundo já viu um gato se lamber. Dessa maneira, lambendo-se o tempo todo, que gatos e gatinhas são considerados um dos animais domésticos mais limpos de nosso convívio. Mas, infelizmente, toda essa "limpeza" tem um preço, pois no ato da lambedura, os felinos engolem, involuntariamente, uma quantidade muito grande pelos. Esses pelos, na maioria das vezes, podem irritar a mucosa do estômago (é comum presenciar gatos regurgitando, através de pequenos vômitos, para se livrarem do incômodo) ou se acumularem nos intestinos formando bolas de pelos (conhecidas como fecalomas), obstruindo os intestinos e dificultando a saída de fezes que, em certos casos, se faz necessário uma intervenção cirúrgica. Mas a natureza, sábia como sempre, faz com esses adoráveis animais encontrem o seu próprio remédio. Você já viu gato comendo grama? A maioria já viu cachorros comerem grama, mas gato... Mas os felinos ingerem e gostam muito de "graminhas e matinhos" e por serem animais bastante discretos e independentes é difícil presenciar a hora que eles, literalmente, "pastam"... Porém, muitos donos de gatos já viram seus animais "atacarem" as plantas e flores do interior de suas residências (principalmente em apartamentos): violetas, samambaias, crisântemos e folhagens em geral. E aqui vai um alerta, cuidado com plantas ornamentais, muitas são comprovadamente tóxicas ao serem ingeridas. É preciso ter cautela com as seguintes plantas, que são facilmente cultivadas em casas e jardins: comigo-ninguém-pode, costela de adão, dragão fedorento, orelha de elefante, orelha de burro, pulmão de aço, espirradeira, mamona, azaleia, olho-de-cabra, filodendro, cipó imbé, barra de macaco e muitas outras. Se você perceber que seu gato ou gatinha ingeriu alguma planta tóxica, leve-o imediatamente ao veterinário. 

Pet Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!