VÍDEO: Audiência de custódia mantém prisão preventiva de paraense acusado de terrorismo

Justiça negou pedido de advogada de defesa para que George Washington de Oliveira Souza respondesse em liberdade

O Liberal

A Justiça do Distrito Federal manteve a prisão preventiva do empresário George Washington de Oliveira Sousa, de 54 anos, preso no último sábado (24) por montar um artefato explosivo em um caminhão de combustível, perto do Aeroporto de Brasília. Em audiência de custódia realizada no domingo (25) a advogada de defesa pediu que o acusado respondesse em liberdade, alegando bons antecedentes criminais, mas suas justificativas não foram atendidas.

George alegou que não sabe informar seu endereço pessoal, apenas o comercial. Portanto, à Justiça ele deu o endereço do posto de gasolina “Cavalo de Aço” em Xinguara. Ele disse também que estudou até o terceiro grau completo, é gerente de postos de gasolina, casado, com dois filhos, um de 23 e outro de 33. O acusado falou que nunca foi preso outra vez e nunca fez uso de drogas ilícitas.

Questionado pela juíza, George diz que foi preso por policiais civis sem qualquer abuso policial durante a ocorrência. “Relatei que o delegado colocou nos altos que eu estava contra o Lula, eleições de Lula, eleições de Lula, eu pedi pra ele tirar, ele se chateou comigo. Mas estamos num ato não contra as eleições de Lula, foram eleições que aconteceram no Brasil. Ele colocou também o nome do presidente Bolsonaro que eu também pedi pra ele tirar, mas acredito que não tirou”, contou o acusado.

O representante do Ministério Público na audiência afirmou que o órgão entende que a prisão ocorreu de forma regular, solicitando o mantimento da prisão preventida. A Justiça acatou o pedido do MP.

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL