Temporal com granizo provoca alagamentos, queda de árvores e desmoronamentos de terra em São Paulo

A chuva ainda provocou a queda do muro da Escola Municipal de Ensino Fundamental

Luciana Carvalho
fonte

Nesta segunda-feira (28), uma forte chuva causou transbordamentos de córregos, alagamentos e provocou a queda de mais de 20 árvores, na capital e a região metropolitana de São Paulo, segundo o Corpo de Bombeiros. O temporal com granizo também deixou o Rio Pinheiros, perto da Ponte Estaiada, na Zona Sul marrom devido a lama que chegou ao seu leito nesta terça (29). As informações são do G1 São Paulo.

 A chuva ainda provocou a queda do muro da Escola Municipal de Ensino Fundamental Iracema Marques da Silveira, na Zona Sul de São Paulo. Nesta terça, o helicóptero da TV Globo mostrou que o muro atingiu ao menos três veículos que estavam estacionados próximos. Não há informações de pessoas feridas.

Na Zona Leste, córregos transbordaram, e alagamentos interromperam temporariamente a circulação de trens, de acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Na mesma região, houve chuva de granizo.

VEJA MAIS

image Forte temporal atinge Tucumã e causa prejuízos a moradores do município; vídeo
Muita chuva e ventania no final da tarde de quinta-feira (13); não há registros de feridos

image Chuva que caiu em Belém, no domingo, provocou rajadas de vento de até 45 km/h
Esse tipo de tempestade ainda está previsto de ocorrer, de forma recorrente, até meados de novembro, principalmente na faixa norte do Estado, alerta Semas

image Temporal causa destruição em vários bairros de Parauapebas
Telhados foram arrancados, árvores caíram e vidros de lojas ficaram quebrados

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), áreas de instabilidade vindas do interior, formadas pelo calor e a umidade, atuam com forte intensidade na cidade, principalmente na Zona Leste.

O transbordamento de segunda também levou prejuízo à população de áreas periféricas dessa região da capital. Ruas do Jardim Pantanal ficaram cheias de água e sacos de lixo. A enchente deixou o Itaim Paulista ilhado. Moradores se arriscaram caminhando na água para chegar em casa ou para ajudar o vizinho a salvar o carro. Em Itaquera, a enxurrada cobriu a Avenida Caititu.

Entre as 21 quedas de árvores atendidas pelos bombeiros está uma de grande porte que caiu na Alameda Jaú, nos Jardins, Centro de São Paulo, e atingiu dois prédios, um comercial e um residencial . Não há informações sobre feridos.

O Corpo de Bombeiros também recebeu dois chamados para inundações, mais dois para desmoronamentos de terra e um para queda de fios elétricos em via pública. Na Grande São Paulo, houve alagamento na Rodovia Régis Bittencourt, em Embu das Artes, e em Itapecerica da Serra.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL