Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Saiba como identificar quem é do IBGE e não cair no golpe do recenseador falso no Censo 2022

População conta com recursos de segurança para identificar trabalhadores da coleta

Fabrício Queiroz

A coleta de informações do Censo Demográfico 2022 já iniciou em todo o Brasil e segue até 31 de outubro deste ano. Mais de 75 milhões de domicílios devem ser visitados em todo o país, sendo cerca de 2 milhões apenas no Pará.

VEJA MAIS

IBGE inicia pesquisa do Censo Demográfico 2022 no Pará
Cerca de 6 mil recenseadores devem visitar mais de 2 milhões de casas em todo o estado

Censo 2022: Coleta domiciliar começa nesta segunda-feira (1º) 
Servidores devem visitar mais de 850 mil domicílios da Região Metropolitana de Belém

IBGE abre mais de 15 mil vagas para recenseador em todo o País; há oportunidades no Pará
O novo concurso tem como objetivo a contratação de trabalhadores temporários para o Censo Demográfico 2022

As entrevistas são realizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) por meio dos seus recenseadores. Para garantir sua segurança, a população pode utilizar diferentes recursos disponíveis para verificar a identidade desses trabalhadores.

Uma das principais ferramentas aliadas nesse processo é QR Code. O código deve estar visível no crachá no lado direito do colete dos trabalhadores. Outra alternativa é ligar para o telefone 0800 721 8181 ou, ainda, acessar o site www.respondendo.ibge.gov.br.

Como identificar os servidores do Censo 2022

  • Os trabalhadores em campo estão uniformizados com bonés e coletes azuis identificados com as marcas do Censo 2022 e do IBGE;
  • O informante pode verificar a identidade do recenseador escaneando o QR Code presente no lado direito do colete;
  • É possível fazer a checagem pelo telefone 0800 721 8181 ou pelo site www.respondendo.ibge.gov.br. Em ambos os casos, é necessário informar o número de matrícula do recenseador, que consta no crachá (ou seu número de CPF ou RG).

Também é importante atentar para as perguntas feitas durante a entrevista. São dois questionários disponíveis: o básico, que será aplicado em 100% dos domicílios brasileiros, e o ampliado, que será feito em uma amostragem de apenas 10% das casas.

Como é o questionário?

O questionário básico tem 26 questões e o seu preenchimento dura, em média, de 5 a 7 minutos. Nele constam perguntas sobre o número de moradores, as características do domicílio, registro civil, grau de instrução, rendimento, entre outras.

Já o questionário ampliado tem 77 questões e o seu preenchimento dura de 25 a 30 minutos. Nessa pesquisa estão incluídas as perguntas do questionário básico, além de dados sobre nupcialidade, características do arranjo familiar, fecundidade, religião, pessoas com deficiência, migração interna e internacional, educação, deslocamento, trabalho e rendimento, entre outras.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL