VÍDEO: Chuva de meteoros de quase 10 segundos é registrada por Observatório Espacial

O flagrante aconteceu na madrugada desta terça-feira (31) e pode ser visto de várias regiões do Brasil

Paula Figueiredo
fonte

Na madrugada de terça-feira (31), o Observatório Espacial Heller & Jung registrou a mais longa queda de meteoro do ano ano de 2022, com duração de 9,96 segundos, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. 

A 'chuva de meteoros' é resultado da fragmentação do cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 (SW3), que está se despedaçando. Batizada de Tau-Herculids, ela é vista todos os anos nesta época, entre o final de maio e o início de junho, quando a Terra cruza a trilha de poeira e pequenas rochas que ele deixou para trás em passagens anteriores. Assista!

VEJA MAIS

image Chuva de meteoros poderá ser observada hoje no Brasil; saiba como e onde ver o fenômeno
Em condições ideais de visualização, será possível visualizar até 18 meteoros por hora. As Norte e Nordeste terão uma visão mais privilegiada da chuva de meteoros

image Câmeras registram passagem de meteoro em três estados brasileiros
Um fenômeno parecido foi registrado em dezembro, no Pará

O fenômeno foi captado por duas câmeras do observatório, uma no bairro de Petrópolis e outra em Taquara, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O meteoro ingressou na atmosfera a uma altitude de 88,3 km e desapareceu sobre o oceano. 

De acordo com o professor Carlos Jung, a Tau Herculídeas atingiu várias regiões do Brasil. Em Goiânia, um dos observadores registrou cerca de 60 meteoros por hora.

(*Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão da editora de OLiberal.com, Ádna Figueira)

Palavras-chave

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL