Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Preso suspeito de estuprar e matar menina de 8 anos a pauladas

De acordo com a polícia, o corpo foi encontrado um dia depois do desaparecimento, em uma obra, com um pano enrolado na cabeça. A menina de 8 anos estava nua da cintura para baixo

O Liberal

Foi preso o suspeito de estuprar e matar a pauladas uma menina de 8 anos, encontrada morta em uma obra no município de Catalão, sudeste goiano. O  crime aconteceu em dezembro de 2013 e até então estava sem uma solução. De acordo com a Polícia Civil de Goiás, o homem, que não teve a identidade divulgada, foi encontrado na cidade de Poção das Pedras, no Maranhão.

A Polícia Civil maranhense, por meio de comunicado, relatou que o homem foi encaminhado para uma unidade prisional e ficará à disposição da Justiça. Ele deve ser transferido para Goiás.

O delegado Jean Arruda explica que ainda não é certo o indiciamento do suspeito pelo crime. “São necessárias mais diligências para, após colher provas, ver se ele vai ser indiciado ou não pelo crime”, relatou ao G1 de Goiás.

“Esse suspeito morava em Catalão na época e, recentemente, após inúmeras diligências e vários investigados descartados, através do uso de inteligência policial e cruzamento de dados, colhemos indícios e chegamos a esse possível suspeito”, disse o delegado.

Arruda completa que a identidade do suspeito e as investigações seguirão sob sigilo. A titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Catalão, Alessandra Maria de Castro, é quem deve ficar à frente do caso.

Crime brutal

No dia 8 de dezembro de 2013, a menina saiu da casa da avó para ir até a feira onde a mãe trabalhava, mas a criança nunca chegou ao local.

De acordo com a polícia, o corpo foi encontrado um dia depois, em uma obra. O cadáver estava com um pano enrolado na cabeça. A menina de 8 anos estava nua da cintura para baixo.

A delegada Alessandra de Castro declarou, à época, que ao lado do corpo estava um pedaço de madeira ensanguentado e uma boneca.

Suspeito do crime, um pedreiro de 37 anos chegou a ser preso, mas ele foi inocentado e solto após exame de DNA.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL